Curta a nossa página no FACEBOOK:

Rádio 911



Inscrições são feitas de maneira on-line


O Dia do Samba que é tradicionalmente celebrado em 02 de dezembro será destacado na próxima segunda-feira e terça-feira, dias 06 e 07 de dezembro, na Casa da Cultura Mestre, no bairro Jardim Céu Azul, em Valparaíso de Goiás.

Em ambas as datas, o evento que acontece a partir das 10h, organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Esporte, por meio da Diretoria de Cultura, está com inscrições on-line abertas no seguinte endereço: https://forms.gle/Y1qUCQJrtyNirYv88

O Sambão do Sabé tem como intuito reverenciar o Dia Nacional do Samba através de um ciclo de oficinas abordando as variações rítmicas e de danças que o samba nos proporciona.

Programação:

06/12 – Segunda-feira

10h – Samba de Passistas

14h – Samba de Caboclo do Recôncavo Baiano

16 – Samba de Cocô de Arco Verde

07/12 – Terça-feira

10h – Cordas – Choro

14h – Percussão – Ritmos Samba

16h – Samba Enredo


O BRB lançou recentemente mais um programa para estimular a economia. Depois do Supera DF e do Acredita DF, respectivamente lançados em 2020 e no primeiro semestre deste ano, chegou a vez do Avança



O programa traz uma série de condições especiais direcionadas ao setor empresarial, com o objetivo de minimizar os impactos financeiros diante do cenário econômico, e de garantir fôlego na reta final do ano.

"O BRB sabe dos desafios que vivemos em um cenário de retomada da economia, pós-pandemia. Trabalhamos para contribuir com a geração de emprego e renda e nosso posicionamento é estar sempre ao lado dos nossos clientes e do setor produtivo", afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

Um dos produtos do Avança é capital de giro com taxa de juros a partir de 0,60% a.m. + CDI, prazo de até 60 meses para pagamento e carência de até 12 meses, incluída no prazo total.

Alinhado às políticas ESG, em defesa do meio-ambiente e da sustentabilidade, o Banco preparou condições especiais também para projetos de energia renovável. Linha de crédito específica para investimento com taxa de juros a partir de 0,60% a.m. + CDI, carência de até 24 meses, considerando prazo total, e prazo de pagamento de até 120 meses.

O Avança também traz condições especiais para clientes BRB PAY, as maquinetas do BRB. As taxas de juros e prazos de pagamento variam de acordo com o faturamento das empresas. São oferecidas opções de taxas a partir de 1,49% no débito e 1,99% no crédito, abaixo da média do mercado.

Outro produto no portfólio do Avança é a facilidade para que as empresas utilizem o serviço de cobrança do BRB. Ele oferece tarifa única na liquidação (R$ 1,15), registro online e possibilidade de antecipação.

O Avança segue até 30/12.


Aconteceu neste sábado 4, grande Encontro Regional do PSDB na cidade de Sanclerlândia-GO na região Oeste de Goiás


 

O evento foi organizado pelo prefeito Itamar Leão, uma grande estrutura esperava lideranças de 70 cidades do estado de Goiás, contando com mais de 2 mil pessoas simpatizantes ao PSDB compareceram no evento.

Várias autoridades esteve no evento como: O Prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro; Ex-Deputada, Eliane Pinheiro; Presidente da Câmara de Uruaçu, Francisco Carlos (Chiquinho); Deputados Estaduais: Hélio de Sousa e Lêda Borges, vários prefeitos e ex-prefeitos e presença ilustre do Ex-Governador Marconi Perillo.

 

Lideranças do PSDB celebram a volta de Marconi

"Vamos continuar fazendo esses encontros em outras regiões, para sentir o que os companheiros querem, vamos fazer pesquisas, lá para Março/Abril do ano que vem, tomar uma decisão" disse Marconi Perillo.

Prefeito de Uruaçu Valmir Pedro em discurso em Encontro do PSDB em Sanclerlândia

"Esse governo não realizou o principal, dar moradia para as famílias, com o fracasso criou o auxílio aluguel por que não fez casa para o povo goiano e o pai e mãe quer uma casa pronta e não um chequinho para pagar aluguel, o Marconi vai voltar e fazer a casa para as famílias carentes de Goiás" disse Valmir Pedro em seu discurso no evento.

 

Prefeito de Sanclerlândia Itamar Leão

 

O anfitrião do evento agradeceu à todos pela presença e disse da importante dos mandatos dos tucanos à frente de Goiás, passou um vídeo sobre as obras que o governo Marconi realizou e outro com a história de Marconi "Goiás precisa de Marconi, Volta Marconi" disse o prefeito de Sanclerlândia Itamar Leão.

 

Presidente da Câmara de Uruaçu, Francisco Carlos (Chiquinho)

 

O presidente da Câmara de Uruaçu exaltou a gestão de Marconi e também de seu líder Valmir Pedro "tenho saudade do Marconi dos anos 90 que desafiou o maior líder político e tornou-se o governador mais jovem de Goiás" disse Chiquinho.

 

Ex-Deputada Eliane Pinheiro e Valmir Pedro

A ex-Deputada Eliane Pinheiro exaltou o evento e clamou pela volta de Marconi.

 

O ex-prefeito de Hidrolândia falou incisivamente da importância do evento é fez analogias do futebol com a vida pública "Goiás Renovou o contrato de Marconi por 4 vezes" disse Paulinho.

 

O evento finalizou com parte de apoiadores levantando Marconi e festejando o momento que poderá ter a candidatura de Marconi para o governo de Goiás.

 

Veja o vídeo na íntegra:

 

Tocador de vídeo
00:00
00:11

 




Dando continuidade à parceria com o GDF para imunizar a população do Distrito Federal, o Sesc-DF passará a aplicar vacinas contra Covid-19 na Rodoviária do Plano Piloto a partir da próxima segunda-feira (6). Desde março deste ano o Sesc-DF oferece estrutura e profissionais para ajudar na vacinação


Fotos: Renan Oliveira.

A Rodoviária do Plano Piloto recebe mais de 700 mil pessoas por dia. Para o diretor regional do Sesc-DF, Valcides de Araújo Silva, essa é uma forma de manter a entidade perto da população, especialmente neste momento de pandemia. "Continuamos nessa caminhada junto ao GDF buscando essa plena vacinação da população. Entendemos que somente com a população toda vacinada teremos a volta da normalidade e a retomada plena da economia. A Rodoviária tem vários aspectos positivos, especialmente pela convergência de pessoas. Lá poderemos atingir uma camada extensa da população. É uma forma de dar visibilidade à campanha de vacinação, que ainda não acabou e é uma forma de estarmos perto da população. Tenho certeza que muitas pessoas que não puderam se vacinar ainda vão aproveitar essa oportunidade com nossas equipes", afirmou.

O atendimento será na Plataforma F, ao lado da Administração da Rodoviária. O horário de funcionamento será das 9h às 16h. A Secretaria de Saúde do DF ainda não informou quais públicos poderão ter acesso à vacinação.


Fim de ano chegando, promoções típicas de Natal e Ano Novo batendo à porta. E, por incrível que pareça, muitos assalariados vão ter aquela "surpresinha" positiva quando abrirem seu aplicativo de gestão financeira: afinal, neste mês, boa parte dos brasileiros recebe aquele respiro conhecido como 13º salário

Foto: Renan Oliveira.

No ano passado, segundo o Dieese, o 13º salário injetou mais de R$ 215 bilhões na economia brasileira entre novembro e dezembro. Este ano, deve alcançar a marca de R$ 200 bilhões.

Ao ver o dinheiro a mais em sua conta, muitos vão pensar em sair gastando nesses últimos meses do ano. É até uma forma de se aliviar pelo período pesado pelo qual a Covid-19 impôs à sociedade. Mas, de acordo com o educador financeiro do Sicoob, Eduardo Souza Trigueiro, este é o momento de manter os pés no chão.

"O décimo terceiro pode ter diversas caras, dependendo da necessidade de quem recebe. Existem aqueles que estão endividados e querem quitar algumas dessas dívidas. Outros estão de olho em descontos no varejo e pensam que é uma boa hora para gastar. O ideal é fazer as contas", diz.

O primeiro passo, segundo o especialista, é quanto você ganha - não esqueça de anotar seu salário de forma líquida e não bruta. Em seguida, coloque em uma planilha ou em uma folha de papel quais são seus gastos mensais. E em terceiro lugar, liste suas dívidas.

"O décimo terceiro pode ser colocado na terceira coluna desta tabelinha. Você tem que ver na sua frente quanto vai te sobrar e qual sua margem para gastos no mês", explica. Mas tenha calma. Não é porque te sobrou mil reais, por exemplo, que você vai sair gastando tudo.

"Não vale se empolgar e desperdiçar o dinheiro que tem em mãos. O certo é reservar uma parte, não importa o quanto, para eventuais emergências. E, também, pensar que em breve começa um período que exige muito das finanças dos brasileiros – o início de ano", pontua.

IPVA, IPTU, materiais e rematrículas escolares, entre outros gastos podem desanimar qualquer um. Mas se você tiver planejado desde novembro, com o dinheiro "a mais" que caiu na sua conta, vai ficar tudo bem.

"O planejamento financeiro é aquela tarefa árdua, que a gente sempre diz que quanto mais cedo começar, melhor. Agora é o melhor momento para parar, olhar a sua situação e pensar e planejar as suas finanças", conclui o especialista.

Clínicas financeiras: seguras, gratuitas e abertas à população

Se mesmo com as dicas do educador você ainda não conseguiu iniciar seu planejamento financeiro, o Sicoob dispõe das Clínicas Financeiras Virtuais – um serviço gratuito, simples e rápido, em que qualquer pessoa pode obter orientações com especialistas para organizar as finanças. Basta acessar o site, se cadastrar e agendar um papo on-line.

Veja as dicas rápidas do educador financeiro para o bom uso do décimo terceiro:
  1. Não gaste tudo de uma vez
  2. Quite suas dívidas essenciais
  3. Guarde o necessário para pagar as contas de início de ano
  4. Pense em poupar parte do dinheiro e fazer uma reserva de emergência
  5. Acesse o site das Clínicas Financeiras Virtuais do Sicoob e tenha orientações gratuitas com especialistas para acertar sua vida financeira
Sobre o Sicoob 
O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, Sicoob, possui 4,7 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por mais de 390 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas/entidades de: meios eletrônicos de pagamento, consórcios, DTVM, seguradora e previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras. A rede Sicoob é a quarta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 3 mil pontos de atendimento. As cooperativas integrantes do Sistema oferecem aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras.

Sobre o Sicoob DFMil
A cooperativa Sicoob DFMil foi criada em Brasília-DF e se aproxima dos 14 anos de história. Hoje a instituição atua em todo o Distrito Federal. São mais de 7 mil associados atendidos em 29 cidades e R$900 milhões em ativos administrados. Sempre atenta aos compromissos com a sociedade, a cooperativa, ao lado de seus colaboradores e cooperados, promoveu doação de mais de R$60 mil em ações sociais no último ano.

A agência Sicoob DFMil fica localizada no seguinte endereço: C1 Lote 09/10, Loja 04 - Taguatinga Centro, Brasília - DF. O telefone para contato é o (61) 3223-0953.

Você já conhece todos os produtos Sicoob DFMil para o seu condomínio?

Foi pensada exatamente para facilitar seu trabalho e gerar resultados ainda melhores!!

Entre em contato com nosso atendimento:

(61) 99650-7013 | (61) 9 9852-5725 | condominio@sicoobdfmil.coop.br

Telefones fixos: 61) 3223-0953 | (61) 3344-8707

Telefones celulares: (61) 9 9650-7013 | 61 9 9852-5725

E-mail: condominio@sicoobdfmil.coop.br

E-mail: dfmil@sicoobdfmil.coop.br

Site: www.sicoobdfmil.coop.br


Por determinação do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), todas as regiões administrativas do Distrito Federal têm recebido investimentos que auxiliam no processo de crescimento e urbanização. O DF tem se transformado em um grande canteiro de obras


Fotos: Renato Alves.

Ao andar pela capital, uma cena que tem se tornado comum é se deparar com alguma construção, reforma ou reparo. Com o objetivo de trazer melhorias reais para o dia a dia da população, o Governo do Distrito Federal (GDF) tem investido em intervenções, modernizações, adequações viárias e revitalizações. Com mais de R$ 4,7 bilhões em infraestrutura, desde 2019, mais de 1.400 obras estão em andamento ou já foram entregues em todas as regiões do DF. As ações constantes têm gerado empregos e progresso no intenso processo de urbanização da cidade como um todo. Os empregos movimentam os comércios locais e um ciclo virtuoso segue acontecendo.

"Nas antigas gestões faltava coragem e foi por isso que as coisas não aconteciam. Nossa gestão está colocando toda nossa força para fazer as coisas acontecerem, trazendo uma vida melhor para nossa população. Meu sonho é ver um DF sem trânsito, um DF que possibilite uma melhor qualidade de vida, e estamos fazendo esse sonho acontecer, entregando obras por todo nosso Distrito Federal", comentou o governador Ibaneis Rocha.

Segundo estudos realizados pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), publicados este ano, "o Distrito Federal ainda continua em plena expansão, com acelerado crescimento e sem tendência de redução dessa expansão". O aumento da população, o ritmo de vida contemporâneo, os anseios da população e a necessidade estrutural das regiões administrativas demandam investimentos do governo em todas as áreas. Desta forma, os bilhões de reais que estão sendo investidos em obras, estão beneficiando diretamente a saúde, a educação: para as novas escolas, UPAs, UBSs e hospitais, contratações de profissionais de educação e saúde tem ocorrido com frequência. Para se ter uma ideia, o banco de nomeações da educação foi zerado e um novo concurso terá de ser feito. Na saúde, cerca de 8 mil profissionais foram contratados.

Apenas a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) foi responsável por iniciar 1.002 obras, um investimento de mais de R$ 422 milhões em licitações. Para o próximo ano, mais 500 ações já estão previstas para serem executadas pela autarquia. Acompanhe abaixo o andamento de algumas das recentes obras em andamento na cidade.

Investimentos na saúde
A pandemia fez crescer a demanda por investimentos na área da saúde. O GDF respondeu com rapidez na construção dos hospitais de campanha, unidades de saúde especialmente erguidas para atender a população contaminada com a covid-19. Além destes, desde 2019, o GDF reformou seis Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h), construiu novas duas unidades e cinco estão com obras em andamento, além de oito novas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Até o final do ano, ainda há previsão de entrega de mais duas UBSs, sendo elas em Ceilândia e Planaltina (Vale do Amanhecer).

Entre as últimas inaugurações, em pouco mais de um mês, três UPAs foram abertas para atendimento. A primeira foi a UPA Ceilândia II, entregue em 24 de setembro; a segunda foi a UPA Paranoá, inaugurada em 18 de outubro; e a terceira foi a UPA do Gama, inaugurada em 28 de outubro. Juntas, as três vão atender 13.500 pacientes por mês ou 162 mil pessoas ao ano. Segundo o governo, o objetivo das novas unidades de saúde é desafogar os ambulatórios e prontos-socorros dos hospitais da rede pública.

Além destas inaugurações de pronto atendimento, oito novos estabelecimentos de atenção primária à saúde da família, as UBSs, foram abertas. A mais recente foi a UBS 7 de Sobradinho II, na Vila Buritizinho, inaugurada em 25 de outubro com capacidade de atender até 300 pessoas por dia, e recebeu o investimento total da obra de R$ 3,5 milhões de reais.

No dia 1° de setembro, a outra unidade de atendimento voltado à atenção primária inaugurada foi a no Riacho Fundo II. Ao todo, a construção da unidade custou R$ 8 milhões e chegou a ser reconhecida internacionalmente no ArchDaily – o site de arquitetura mais visitado do mundo, pela arquitetura arrojada, eficiente e moderna.

Investimentos na educação
Com o objetivo de reforçar a oferta de ensino técnico no DF, São Sebastião, Santa Maria, Planaltina e Paranoá estão com quatro escolas sendo construídas. Todas as escolas públicas de outras regiões administrativas também estão passando por ampliações e reformas. Foram investidos mais de R$ 257 milhões para reformar as 686 escolas da rede pública, melhorando o conforto e segurança de cerca de 460 mil estudantes. A próxima entrega prevista para janeiro de 2022 é a de uma nova escola no Itapoã, a Escola Classe da 203 do Del Lago, com capacidade para 1,6 mil alunos e com investimento da Terracap estimado em R$ 8,4 milhões.

Como parte dos investimentos na educação, este ano foi inaugurada a primeira escola técnica de Brazlândia. O local tem capacidade para atender cerca de dois mil alunos e os primeiros 340 já iniciaram seus estudos em cursos técnicos em enfermagem e informática e de formação inicial e continuada para cuidador infantil e operador de computador. A unidade gerou 200 empregos e custou R$ 14 milhões aos cofres públicos.

Investimento rodoviário
O Corredor Eixo Oeste que interliga Sol Nascente/Pôr do Sol, Ceilândia, Taguatinga, Vicente Pires, Guará, Sudoeste e a Asa Sul ao Plano Piloto, é um dos mais movimentados do Distrito Federal. Neste trajeto, grandes obras como a construção do Túnel de Taguatinga e a reforma da Avenida Hélio Prates em Ceilândia estão em andamento. Ambas têm o objetivo de melhorar a mobilidade e o trânsito da região. Cerca de 50 mil veículos circulam diariamente. Cerca de 123 mil pessoas devem se beneficiar diretamente. Foram anunciados pelo GDF o investimento de R$ 500 milhões no local e a previsão para a entrega é em 2022.

Pensando na população que usa transporte público, dois novos terminais rodoviários foram entregues, um em Sobradinho e, o mais recente, em Santa Maria. Neste, a demanda era aguardada há quase 30 anos. Localizado na Quadra 401, as obras geraram mais de 150 empregos e receberam investimentos de R$ 4,7 milhões. Ainda sobre o transporte público, o GDF atendeu a demanda de usuários criando novas rotas para os coletivos e aumentando a quantidade de viagens em 82 linhas de ônibus.

Confira abaixo a lista de outras obras em execução no momento:
- Viaduto do Recanto das Emas/Riacho Fundo
- Duplicação da via de ligação entre Taguatinga e Brazlândia
- Viaduto do Itapoã/Paranoá
- Viaduto da ESPM – Setor Policial Sul Viaduto do Sudoeste
- Construção do Hospital Oncológico Dr. Jofran Frejat
- Reforma da Ponte Costa e Silva
- Construção do maior IML da América Latina
- Transformar albergues abandonados em escolas para milhares de alunos
- Construção de creches em Ceilândia, Gama, Planaltina, Recanto das Emas e Sol Nascente/Por do Sol
- Construção de restaurantes comunitários no Sol Nascente/Por do Sol e Arniqueira
- Construção de feiras no Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo II e Galpãozinho, no Gama
- 144 km de sinalização nas rodovias


A prática de exercícios físicos por idosos mantém a independência em tarefas do cotidiano e ainda garantem a manutenção das forças musculares


Se você tem mais de 65 anos e deseja se manter ativo com qualidade de vida, precisa conhecer o programa Idade Ativa da Acuas Fitness. A atividade física proporciona benefícios importantes para a terceira idade, como: a prevenção e a redução de problemas cardiovasculares e pulmonares, ajuda no controle do diabetes, da artrite, no fortalecimento muscular, na manutenção da densidade óssea, saúde física e mental, melhora significativamente o equilíbrio e a velocidade de caminhada.

A prática de exercícios físicos por idosos mantém a independência em tarefas do cotidiano e ainda garantem a manutenção das forças musculares. A relação entre atividade física, qualidade de vida e envelhecimento vem sendo discutida e analisada cada vez mais, e os profissionais de saúde chegaram a um consenso de que um estilo de vida ativo é o determinante do envelhecimento com qualidade.

A rede de academias com a aparelhagem mais moderna de Brasília tem nome: Acuas

Venha conhecer a estrutura da  Acuas Fitness e se apaixonar!

Cada amigo que você indicar e fizer a matrícula na Academia Acuas Fitness, você ganha 15 dias a mais no seu plano!

10 amigos = 150 dias a mais

Quanto mais amigos, mais e mais dias! Válido para TODOS os planos e TODAS unidades Acuas.

*O indicado deve identificar seu nome no ato da matrícula.

Não perca mais tempo, faça uma aula gratuita. Para mais informações:

Águas Claras: (61) 98625-8496

Sudoeste: (61) 99529-3117

Asa Sul: (61) 98611-7155

Asa Norte: (61) 3963-3853

Lago Sul: (61) 98611-7155

412/413 Sul: (61) 98611-7155

Site da Acuas Fitness: https://www.acuasfitness.com.br/

Daniel Medeiros*


“Você está gordo", é-me comum ouvir sempre que encontro algum conhecido. E sempre sinto-me obrigado a explicar que, na verdade, não estou gordo. Sou um homem gordo. É uma grande dificuldade convencer as pessoas desse fato prosaico de que minha condição de homem gordo não é contingente, mas o resultado de genética e estilo de vida. Mais curioso é que, dito isso, todos querem me consolar por eu ser um homem gordo e, ao mesmo tempo, incentivar-me a emagrecer, como se meu destino exigisse isso e que falta apenas determinação da minha parte para realizá-lo. Não adianta explicar a eles que meus pais são gordos, que eu gosto muito de comer e que detesto fazer exercícios, exceto caminhar, o que não é suficiente para manter um corpo atlético e esguio. Também é inútil informar que sempre me vi como sou e que meu sobrepeso nunca foi um fator impeditivo de nada na minha vida, nem do trabalho, nem do amor, nem das exigências do corre-corre cotidiano. Mais difícil ainda é convencê-los de que não sou uma pessoa doente e que mantenho os exames de sangue em dia - o que gera até mesmo certa frustração quando mostro os papéis com as indicações de que tudo vai bem com a minha saúde. Como sou uma pessoa minimamente inteligente e informada, não exagero em nada e evito o que me faz mal. Só não vivo com a fissura da magreza como quem busca um visto para o passaporte da normalidade. "Sou normal à minha maneira", concedo aos renitentes, para acalmá-los, e eles então riem amarelo, aceitando minha afirmação com olhares de compaixão.

Minha vivência de homem gordo, e de todos esses embates com os que querem “me ajudar”, instruem-me em relação ao drama dos que sofrem preconceitos por suas singularidades: os tímidos, os baixinhos, os carecas, os que possuem alguma limitação física ou intelectual, os homossexuais, os idosos, os que têm alguma mancha na pele, os que têm lábio leporino, os negros, os albinos, os que têm pés tortos, os que têm um dedo a mais, ou a menos, os gagos, os que tremem, os que suam em demasia, os que têm caspa ou espinhas, enfim, toda a infinita gama de pessoas comuns que não preenchem os requisitos do perfil do Instagram, a despeito da compreensão que tenho da infinita diferença entre essas diferenças. Uso a palavra "drama", mas com um quê de picaresco, pois que nunca compreendo por que atribuímos aos que nos olham torto esse poder de julgamento que não possuem. Daí o certo ridículo da situação de nos incomodarmos e até, em alguns casos, sofrermos com essas sentenças declaratórias de nossas supostas inconformidades. Ora, quando o moço ou moça magrinhos, sarados, olham minhas cheiuras com ares de juízes da inquisição,  cabe só a mim lembrar que nem católico sou, e que o inferno para o qual eles acreditam poder me enviar porque não sigo suas homilias nunca existiu no meu ideário de vida boa. 

A propósito, devo destacar que o sentimento contrário não é verdadeiro. Eu nada tenho contra os que gozam da ilusão de sua perfeição. De alguma maneira, como orquídeas, eles enfeitam a paisagem e dão um ar de harmonia platônica ao ambiente. Como me opor? Em absoluto. Minha versão Fernando Botero compõe muito bem o cenário Bauhaus dos perfeitinhos, enriquecendo e colorindo o campo de visão dos passantes. Não há do que reclamar. O que me ocorre diante do preconceito é que faltou, tanto na educação familiar quanto no ensino escolar, uma formação para a diferença, estabelecendo-a como constitutiva das pessoas e não como uma exceção. Se todos fossemos iguais, não haveria qualquer chance de desenvolvimento humano. Se todos fossemos diferentes, não conseguiríamos jamais nos relacionar. É exatamente porque somos todos iguais e exatamente porque somos todos diferentes que conseguimos compor milhares, milhões de combinações possíveis. E é daí que vem tudo de bom. E, é lógico, tudo de ruim também. Escolher o que valorizar, o que destacar, o que dar importância e prosseguimento é uma de nossas tarefas sociais mais importantes e urgentes. Da minha parte, não resta dúvida: o que eu sou, como eu sou, por que eu sou como sou, é o fruto da minha vontade e do meu melhor juízo. Se eu não firo, não humilho e não ameaço ninguém, então, ninguém tem nada a ver com isso. Cada um com cada qual. Mazal tov.

*Daniel Medeiros é doutor em Educação Histórica e professor no Curso Positivo.
daniemedeiros.articulista@gmail.com
@profdanielmedeiros
 

**Artigos de opinião assinados não reproduzem, necessariamente, a opinião do Curso Positivo.



Para quem estava com saudade de curtir as canções de Oswaldo Montenegro ao vivo, ele, que é um dos mais importantes artistas da música popular brasileira, confirmou uma apresentação acústica em Nova Lima. O show, que vai embalar a Festa Lua & Flor, acontece em 17 de dezembro, sexta-feira, a partir das 21h, no Bellagio Villa Bar, (Av. Dr. Marco Paulo Simon Jardim - Vila da Serra). Os últimos ingressos estão à venda por meio da plataforma Sympla.

O artista promete uma noite inesquecível para quem for ao Bellagio Villa Bar, pois vai presenciar um show inédito e com o clima intimista, que é uma das características marcantes do local. Na apresentação acústica, Oswaldo Montenegro reveza entre piano e violões, criando uma atmosfera especial que faz uma fotografia dos desencontros do nosso tempo, ao som de belas canções recheadas de lirismo.

Nesta  apresentação, cujo nome é o mesmo da música "Balada para um ex-amor", que já ultrapassou mais de 5 milhões e 500 mil visualizações no YouTube,  Montenegro aborda diversos tipos de separação e sentimentos de ex- casais, nessa época de constantes trocas de parceiros e sonhos. Através de canções que compôs ao longo de sua carreira e se tornaram atemporais,  como "Bandolins" (a dificuldade em admitir o fim do sentimento/da relação), "Lua e flor" e "Por brilho" (a paixão que se transforma em amor fraterno e sem fim), "Eu quero ser feliz agora" (a alegria de se libertar das relações sufocantes) e "Taxímetro" (sobre o término sem dor), os artista conduz o público por subtemas e cria um espetáculo inesquecível, como      um filme em câmera lenta, despertando as mais profundas emoções e sentimentos intrínsecos em cada um de nós.

Assim, passeando pelos afetos em suas diversas cores e matizes, Montenegro questiona a si e ao público sobre como lidar com esse novo tempo, em que nos separamos a toda hora e, paradoxalmente, sonhamos   com o amor eterno. Entre uma canção e outra, o menestrel conta histórias e propõe reflexões, como em "A Lista" ("Faça uma lista de grandes amigos / Quem você mais via há dez anos atrás / Quantos você ainda vê todo dia? / Quantos você já não encontra mais?").

Clima intimista e conforto

O clima intimista e a comodidade são características já conhecidas do Bellagio Villa Bar, inaugurado em junho deste ano em um dos locais mais charmosos e badalados de Nova Lima. E para proporcionar uma experiência inesquecível, aliada ao conforto e atendimento premium, a organização do show de Oswaldo Montenegro disponibiliza três setores para a escolha do público.

Quem quiser garantir a presença nesta noite memorável deve se adiantar. Restam poucos ingressos para a Mesa Ouro, com quatro lugares, para a Mesa, com dois lugares, e para o Camarote Backstage.

 

 


Festa Lua & Flor apresenta Oswaldo Montenegro Acústico. Quando: 17/12/2021 – Sexta-feira.

Onde: Bellagio Villa Bar, Nova Lima, MG.

Endereço: Av. Doutor Marco Paulo Simon Jardim, S/n. º- Vila da Serra.

Abertura da casa: 21h

Show: 22h30

 

Setor I - Mesa Ouro 4 lugares (Lote 3)

R$ 695,00 (+ R$ 69,50 taxa)

Em até 12x R$ 79,07

 

Camarote Backstage (Lote 3)

R$ 250,00 (+ R$ 25,00 taxa)

Em até 12x R$ 28,44

 

Mesa 02 lugares (Lote Extra)

R$ 360,00 (+R$ 36,00 taxa)

Em 12x R$ 40,96

Obs.: A escolha das mesas será por ordem de chegada.

Ponto de Venda: Online pelo site Sympla:

https://www.sympla.com.br/festa-lua--flor-convida-oswaldo-montenegro 1372005

+Informações: (31) 9.9930-4189


O Projeto Música nas Escolas, que está em sua 15ª edição e precisou se reinventar para manter as atividades durante a pandemia, encerrou a temporada de 2021 com uma apresentação especial. Na última terça-feira (30), o maestro Tiago Cox conduziu 25 músicos da Orquestra Vallourec e da Orquestra da Escola Estadual Padre João Botelho, que encantaram os presentes no evento de comemoração aos 20 anos do campus da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais no Barreiro, em Belo Horizonte.

Os integrantes das orquestras subiram ao palco do auditório da PUC Minas – Barreiro a convite dos gestores da instituição de ensino. Um dos coordenadores do Projeto Música nas Escolas, José Roberto Lages, destaca a satisfação em realizar a apresentação em um momento tão importante. "Ficamos lisonjeados pelo pedido para estamos presentes em um marco histórico para a PUC. Foi também uma grande oportunidade para os nossos alunos, que durante esse período de pandemia, ficaram restritos às aulas on-line. Além disso, os concertos que eram comuns em edições anteriores não puderam ser realizados ", relata Lages;

O outro coordenador do Projeto Música nas Escolas, José Roberto Alvarenga, adiciona que o repertório que foi pelos músicos da Orquestra Vallourec e da Orquestra da Escola Estadual Padre João Botelho, foi pensado para agradar até quem não tem o costume de frequentar concertos. "Estamos terminando o ano e encerrando a nossa temporada. Porém, em virtude da pandemia, essa foi a segunda apresentação presencial da edição, que serviu para que nossos alunos matassem a saudade do palco. O setlist foi para lá de especial, com canções muito conhecidas e marcantes no cinema, como, My Heart Will Go On, Libertango, Beauty and the Beast, Over The Rainbow, Greensleaves, Concerning Hobbits e La Valse d'Amelie, que são mundialmente famosas", conclui.

Sucesso

Incentivar e investir na formação musical de crianças e adolescentes das escolas públicas da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Esse é o principal objetivo do Projeto Música nas Escolas, que encerra a 15ª edição com muitos motivos para comemorar. Com a primeira turma iniciada em 2005, a iniciativa só teve uma breve pausa, no início da pandemia, para a adaptação ao formato on-line, executado no decorrer de 2020, continuando firme no trabalho durante ano de 2021, com a marca de mais de 1000 alunos atendidos, o que mudou a história de vida de muitos deles. 

A geração de emprego e renda são as maiores contribuições do Projeto Música nas Escolas para a sociedade. "O nosso trabalho vai além do ensinar a tocar algum instrumento. Com uma base teórica bem construída e uma equipe formada por profissionais que são atuantes na área cultural, mostramos aos nossos alunos que a área musical oferece múltiplas oportunidades que podem ser aproveitadas por eles, como o segmento de casamentos, formaturas e orquestras", salienta José Roberto Lages, que ainda menciona o fato de diversos participantes poderem ter uma formação orquestral, o que é uma espécie de estágio numa orquestra, o que proporciona experiência e favorece o currículo. 

Sobre o Projeto Música nas Escolas

Inspirado no maestro Heitor Villa Lobos, um dos primeiros a introduzir a música nas escolas, o Projeto teve início em 2005, numa iniciativa da Imago Mundi Cultural. O Música nas Escolas incentiva e investe na formação musical de crianças e adolescentes, de escolas públicas, moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por meio de concertos didáticos e cursos de formação musical, eles têm acesso à história de grandes compositores da música erudita e popular, têm aulas de teoria musical, história da música e apreciação musical.

O Projeto Música nas Escolas foi idealizado e é produzido pela Imago Mundi Cultural, que tem a frente José Roberto Alvarenga e José Roberto Lages. A Orquestra Jovem Vallourec, a Orquestra Jovem da Escola Estadual Padre João Botelho e a Camerata fazem parte do projeto, que já realizou mais de 350 apresentações para cerca de 100 mil espectadores em eventos culturais, escolas, creches, hospitais, metrôs e praças da capital e do interior de Minas Gerais.

Ao ingressarem no projeto, os alunos participam de aulas diárias e gratuitas de instrumentos musicais à sua escolha, como: violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta transversal e doce, trompete, fagote, oboé e percussão. As aulas são ministradas por 15 professores, alguns deles integrantes da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que os aproximam do universo da música erudita e popular.

Depois de anos estudando e respirando música, muitos jovens continuam no projeto aperfeiçoando-se e atuando como multiplicadores do conhecimento adquirido. A qualidade do planejamento pedagógico e da formação musical também favorece a atuação de vários integrantes das orquestras em grupos profissionais, fora do âmbito do projeto, propiciando a geração de emprego e renda para os jovens músicos, assim como o ingresso de vários deles em conceituadas universidades.

A 15ª edição do Projeto Música nas Escolas é patrocinada pela Vallourec através das Leis Estadual e Federal de Incentivo à Cultura.

 

Não temos que nos assustar, diz Ibaneis sobre Ômicron

Na terça-feira (30/11), a Secretaria de Saúde do DF informou que está monitorando um viajante procedente da África do Sul que desembarcou em Guarulhos no dia 27 de novembro, com posterior voo para Brasília

Foto: Elisa Costa/Jornal de Brasília | Elisa Costa e Guilherme Gomes | Redacao@grupojbr.com

Na manhã desta quarta-feira (1º), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), comentou sobre a possibilidade da nova variante da Covid-19 Ômicron estar em Brasília. De acordo com o mandatário, a população não precisa criar pânico ou se preocupar porque as novas cepas vão surgir e os cuidados devem permanecer.

“Não temos que nos assustar. Com a Delta (última variante) todo mundo se assustou e terminou não causando nenhum tipo de prejuízo. Temos que nos vacinar e tomar os cuidados. Vamos enfrentar várias variantes, essa é só uma delas”, disse Ibaneis Rocha.

Na terça-feira (30/11), a Secretaria de Saúde do DF informou que está monitorando um viajante procedente da África do Sul que desembarcou em Guarulhos no dia 27 de novembro, com posterior voo para Brasília. O voo é o mesmo em que estava o outro caso confirmado de covid-19 identificado em São Paulo.

O viajante realizou teste para Sars-Cov-2 no dia 29 de novembro no Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen-DF), o qual apresentou resultado detectável. Trata-se de um homem, da faixa etária entre 40 e 49 anos, que recebeu 3 doses de vacina. O caso permanece assintomático e o viajante está em isolamento domiciliar, desde a chegada à capital

O Lacen-DF já iniciou as análises para sequenciamento genético da amostra, com o objetivo de verificar se trata-se da variante Ômicron. O prazo para conclusão do exame é de quatro dias. O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Distrito Federal (Cievs-DF) permanece monitorando o caso.

Vale lembrar que, até o momento, não há caso confirmado de infecção por covid-19 com a variante Ômicron no Distrito Federal.

FONTE: JORNAL DE BRASÍLIA | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.tbr/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo 

 

Mendonça se compromete com Estado laico e democracia

Senadores da CCJ avaliaram nesta quarta a indicação do advogado e ex-ministro da Justiça ao Supremo Tribunal Federal

Indicado ao STF, ex-ministro André Mendonça responde a perguntas de senadores na CCJ

EDILSON RODRIGUES/AGÊNCIA SENADO

Em sabatina no Senado, o advogado, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e ex-advogado-geral da União (AGU) André Mendonça garantiu defesa à democracia e ao Estado laico (ou seja, Estado imparcial em relação às questões religiosas). Mendonça foi indicado ao STF (Supremo Tribunal Federal) pelo presidente Jair Bolsonaro e precisa passar por aprovação da CCJ e, posteriormente, pela maioria no plenário da Casa.

Mendonça foi a indicação 'terrivelmente evangélica' de Bolsonaro, que, depois de indicar Kassio Nunes Marques, garantiu que o próximo ministro seria da religião. A fala de Bolsonaro, na época, e a posterior indicação de Mendonça geraram ampla polêmica, com receio de que um ministro evangélico representaria recuos em temas mais progressistas.

Em sua fala inicial na sabatina, Mendonça falou sobre religião e sua atuação como pastor, mas garantiu compromisso com o Estado laico e a liberdade de religião. Ele ainda ressaltou que, em primeiro lugar, se compromete com a democracia e a defesa do Estado democrático de direito.

"Considerando discussões havidas em função de mnha condição religiosa, faz-se importante ressaltar a minha defesa do Estado laico. A Igreja Presbiteriana, à qual pertenço, nasceu no contexto da reforma protestante, sendo uma de suas marcas a defesa da separação entre a Igreja e o Estado. A laicidade é a neutralidade, a não perseguição e a não concessão de privilégios por parte do Estado em relação a um credo específico ou a um grupo determinado de pessoas em função da sua função religiosa", afirmou.

O advogado ressaltou: "Ainda que eu seja genuinamente evangélico, entendo não haver espaço para manifestação pública religiosa durante as sessões do Supremo. Nesse contexto, também consigno que a Constituição é, e deve ser, o fundamento para qualquer decisão por parte de um ministro do Supremo. Como tenho dito: na vida, a Bíblia, no Supremo, a Constituição Federal. Defenderei a laicidade estatal e a liberdade religiosa de todo cidadão, inclusive os que não professam nenhuma crença."

Demora

A indicação de Mendonça foi feita ainda em julho, mas ficou travada na CCJ pelo presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP). O ex-ministro visitou, durante esse período, os senadores em diversos momentos, sendo sempre visto no Senado, e falava com muitos diariamente, na tentativa de emplacar o seu nome. Diante do cenário, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), confirmou que entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro haveria um esforço concentrado para votar a indicação de nomes de autoridades.

Ainda assim, Alcolumbre não confirmava Mendonça na pauta, mas deu uma boa sinalização quando indicou a senadora evangélica Eliziane Gama (Cidadania-MA) como relatora.

A demora na realização da sabatina vinha incomodando o Palácio do Planalto, mas Bolsonaro procurava não se posicionar de forma contundente sobre a questão, para evitar derrota. Na última terça-feira (30), em filiação ao PL (Partido Liberal), Bolsonaro afirmou esperar que a indicação fosse aprovada pelo Senado, mas lembrou que ele indica ao Senado e que cabe à Casa definir ou não o ministro. "Sabemos que tem um debate ideológico. Mas ele conversou com todos os senadores, falou o que ele pretende fazer depois que for escolhido ministro", disse.

FONTE: NOTÍCIAS R7 | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.tbr/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo 

 

Ainda adolescente, mas com conquistas que valem uma vida inteira. Essa é a realidade de Amanda Emanuele, que tem apenas 14 anos de idade, mas atualmente é referência no jiu-jitsu mineiro. A menina, que coleciona mais de 90 medalhas, sendo a maioria de primeiro lugar, tem uma história de permeada de dedicação ao esporte e honra à memória do seu irmão, Gabriel Fernando, que praticava a mesma atividade esportiva, mas faleceu com a mesma idade de sua irmã, em 2016.

Fora do tatame, Amanda Emanuele é uma adolescente tímida, mas com um sorriso que contagia quem está ao seu redor. Mas, quando está vestida com o seu kimono, se transforma na atleta de ponta que se tornou, mostrando ser merecedora das mais de 90 medalhas que guarda em sua casa.

A história da adolescente com o jiu-jitsu foi iniciada há 11 anos, quando ainda era uma pequena garota. A trajetória dela no esporte começou graças ao seu irmão. "A minha mãe incentivou o Gabriel a treinar para que a prática o ajudasse a diminuir a hiperatividade. Ela me levou também e nós dois passamos a tomar gosto por tudo. Foi ali que percebi que estar no tatame é o meu objetivo de vida", conta a menina.

Quando a vida lhe pregou uma peça, a atleta concentrou ainda mais as suas forças para chegar ao seu objetivo. "Minha inspiração no jiu-jitsu era o meu irmão Gabriel Fernando. Por uma fatalidade, há 5 anos nós o perdemos e desde então eu busco honrar a memória dele e seguir os passos que eu tenho certeza de que ele gostaria que eu trilhasse", revela a adolescente, que hoje enfrenta uma rotina disciplinada de treinos.

O tempo de Amanda Emanuele é dividido entre a escola, já que está no 8º ano do ensino fundamental, os treinos no tatame e as atividades físicas que visam condicionar o seu corpo para a pesada rotina. "Chego a treinar três horas por dia, além de fazer musculação, natação e todo um planejamento alimentar com o acompanhamento de uma nutricionista esportiva", conta.

Com tanta disciplina e força de vontade, Amanda Emanuele se tornou inspiração, chegando a ser convidada pelo Exército Brasileiro para ministrar treinamento de jiu-jitsu aos soldados. "Já fui duas vezes ao quartel para estar com os cadetes e mostrar algumas técnicas que aprendi. Eu fico feliz e lisonjeada

Investimento

Para a conquista das mais de 90 medalhas e o reconhecimento de Amanda Emanuele como atleta referência no jiu-jitsu mineiro, foi necessário dedicar tempo e muitos recursos financeiros. A responsável por viabilizar o sonho da adolescente é a sua mãe, Gláucia Silva, que tem 44 anos de idade, é divorciada e cria sozinha a jovem esportista e mais um filho. Todo o dinheiro empregado na carreira da filha é fruto do seu trabalho como professora.

A mãe coruja conta que não tem sido fácil dar conta de tudo, mas que ver a realização dos seus filhos é um combustível para lidar com as adversidades. "É tudo muito caro, pois, além dos treinos, temos que ter uma nutricionista acompanhando, mensalidade da academia, personal trainer, acompanhamento médico, natação e, principalmente, a alimentação, pois tenho dois adolescentes em casa e, além da comida que já tenho que comprar normalmente, há a dieta prescrita que deve ser seguida à risca", relata.

Além das despesas cotidianas, Gláucia Silva precisa se desdobrar para fazer com que as contas fechem no azul quando Amanda Emanuele precisa viajar para competir. "Tudo sai do meu bolso, inclusive as passagens para os campeonatos fora da cidade. Tenho tentado buscar apoios e patrocínio para ajudar a viabilizar o sonho da minha filha e, aos poucos, com muita persistência e força de vontade, vamos seguindo em frente e fazendo acontecer", conta.

Títulos conquistados

2012: campeã mineira de jiu-jitsu

2013: bicampeã mineira e campeã brasileira de jiu-jitsu

2014: tricampeã mineira de jiu-jitsu; campeã da 3ª Copa do Mundo de Jiu-Jitsu; e campeã da Liga Brasileira Interclubes de Jiu-jitsu

2015: tricampeã mineira de jiu-jitsu, campeã da Copa Leão Dourado de jiu-jitsu, bicampeã brasileira de jiu-jitsu; campeã panamericana de jiu-jitsu; vice-campeã da Copa do Mundo de jiu-jitsu; e vice-campeã mundial de jiu-jitsu.

2016:  pentacampeã mineira de jiu-jitsu; vice-campeã brasileira de jiu-jitsu; campeã mundial de jiu-jitsu; bicampeã panamericana de jiu-jitsu; campeã Copa do Mundo de jiujitsu e bicampeã brasileira Interclubes de jiu-jitsu.

2017:  hexacampeã mineira de jiu-jitsu; tricampeã panamericana de jiu-jitsu; campeã latinoamericana de jiu-jitsu; campeã sul-americana de jiu-jitsu; campeã Copa Leão Dourado de jiu-jitsu; 2º lugar na Copa Mundial de jiu-jitsu; 3º lugar no mundial de jiu-jitsu; e 3º lugar no brasileiro de jiu-jitsu.

2018:  campeã mineira de jiu-jitsu e vice-campeã brasileira de jiu-jitsu.

2019:  octacampeã mineira de jiu-jitsu; tetracampeã panamericana de jiu-jitsu; campeã panamericana no gi de jiu-jitsu; tricampeã brasileira de jiu-jitsu; campeã internacional Abu Dabhi pro de jiu-jitsu.

2020: não foram realizadas competições em virtude da pandemia de Covid-19.

2021: campeã do Panamericano no gi de jiu-jitsu e 3º lugar no panamericano de jiu-jitsu.

 

Patrocínio

Em outubro deste ano, Amanda Emanuele passou a contar com um patrocinador master para ajudar a custear as suas despesas como atleta. O Aquabeat, que será o maior parque aquático de Minas Gerais, com a maior piscina de ondas do Brasil, está em construção em São José da Lapa, cidade que fica próxima ao município de Matozinhos. O empreendimento, que tem a sua logomarca impressa no kimono da atleta, banca grande parte do valor necessário para a manutenção da carreira da esportista.

De acordo com o empresário Tassar Neto, um dos sócios do Aquabeat, o patrocínio do parque aquático reafirma o compromisso do empreendimento com a região em que se encontra. "Buscamos o desenvolvimento de todo o Vetor Norte, nas mais diversas áreas. Acreditamos que o esporte também é um indutor de crescimento e por isso apostamos na carreira da Amanda Emanuele, pois além de fomentar o jiu-jitsu, projetamos ainda mais esta atleta que, apesar da pouca idade, já é reconhecida internacionalmente", completa.

 

 Escolas preparam a maior alta de mensalidade desde início da Covid

Pesquisa com 65 estabelecimentos em cinco Estados indica que reajuste deve ser de 7% a 10% no ensino fundamental e médio

reajuste da mensalidade escolar é um dos principais canais de transmissão da inflação | FREEPIK

Após um longo período de colégios fechados, com o valor das mensalidades sem alteração ou com reajustes modestos, o próximo ano deve começar com uma herança pesada da inflação de 2021 para o orçamento das famílias com filhos na escola.

Mais da metade (53%) das escolas de ensino fundamental e médio planejam aumentar as mensalidades e as matrículas do ano que vem entre 7% e 10%, aponta pesquisa com 65 estabelecimentos em cinco Estados da consultoria Meira Fernandes, especializada em educação.

"Acredito que o reajuste vai ficar um pouquinho maior até porque a inflação deste ano está em dois dígitos", diz o presidente do Sieeesp (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo), Benjamin Ribeiro da Silva. Ele espera alta entre 10% e 13%.

O reajuste da mensalidade escolar é um dos principais canais de transmissão da inflação de um ano para o ano seguinte. "É a inércia inflacionária, a inflação de 2021 se materializando na inflação de 2022", afirma o economista André Braz, coordenador de índices de preços da FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Esse movimento, segundo ele, torna mais difícil o trabalho do Banco Central (BC) de trazer a inflação para mais próximo da meta de 3,5% de 2022, porque aumenta a persistência da alta de preços.

Com a inflação esperada para 2021 em 10,12%, segundo o Boletim Focus do BC, a expectativa de escolas e outros prestadores de serviços é incorporar aumentos de despesas de 2021 nos preços de 2022.

Rogério Caramante, gestor comercial da consultoria, argumenta que em 2020 e 2021 as escolas fizeram investimentos em tecnologia por causa do ensino a distância. "Muitas usam a plataforma do Google, com preços em dólar", exemplifica.

Também houve gastos com Equipamentos de Proteção Individual e infraestrutura para trazer os alunos e professores presencialmente para as salas de aula de forma segura, sem contar com os reajustes salariais, na faixa de 6% para auxiliares e de 11% para professores, argumenta Caramante.

Além disso, as escolas terão de ampliar os quadros de pessoal para cumprir a nova grade curricular do ensino médio prevista para 2022, que aumentou o número de disciplinas e a carga horária. Nas contas do consultor, os aumentos de custos das escolas hoje, no geral, variam entre 15% e 20%.

Silva diz que 60% da mensalidade correspondem a gastos com pessoal. Ele diz que a conta de luz aumentou 70% este ano, fora os aluguéis, que tiveram reajustes na faixa de 30%. Mas, segundo a prévia oficial da inflação, o IPCA-15, as variações foram mais modestas. No ano até novembro, o aluguel subiu 6,11%, e a energia elétrica, 26,13%. Em 12 meses a alta foi de 31,28% na conta de luz.

"A escola é intensiva no uso de energia, só que uma parte desse aumento não é permanente", alerta Braz. O reajuste da tarifa ocorreu por causa da escassez de chuvas que levou à cobrança de uma bandeira mais cara. A perspectiva é de que essa bandeira de escassez hídrica acabe a partir de maio. "Uma parte desse aumento é transitório", diz o economista.

Flexibilidade

Negociar é a saída para compatibilizar a queda no poder de compra das famílias com a pressão de custos das escolas. Com a pandemia, a evasão chegou a 15%. Com temor de perder alunos, as escolas estariam mais flexíveis. A pesquisa mostra que quase 25% das escolas pretendem reajustar as mensalidades em até 7%, índice inferior à inflação projetada para o ano.

Apesar da menor concorrência nos ensinos médio e fundamental, comparados ao superior, Braz acredita também que a negociação entre pais de alunos e escolas nesse segmento seja a solução. Ele adverte que a alta no gasto com educação vira permanente, a partir do momento que o contrato com a escola é assinado. "Não é um serviço com preço flutuando ao longo do ano."

Plano “B”

Apesar da flexibilização das escolas particulares em negociar mensalidades mais acessíveis aos pais, a situação econômica de muitas famílias brasileiras piorou, com demasiadas demissões por todo o Brasil, o que de acordo com especialistas, a diminuição da renda familiar pós-pandemia é um dos principais motivos para essas transferências, e muitos pais ainda estão sofrendo os efeitos, recorrendo ao “Plano B”, como alternativa para manter os filhos na escola, a busca por escolas públicas aumentou.

Segundo um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Educação (SME) de São Paulo aponta que, na capital, o número de estudantes que migrou de escolas particulares para a rede pública de ensino aumentou 34% entre janeiro e agosto deste ano em comparação com o mesmo período de 2020.

No estado, o cenário é outro, e os números são menores em relação a 2020: 9.752 estudantes de escolas particulares foram transferidos para colégios públicos entre janeiro e agosto, contra 12.677 no ano passado.

FONTE: CNN BRASIL - O ESTADO DE SÃO PAULO | EDIÇÃO: REDAÇÃO GRUPO M4

UMA MARCA DO GRUPO

*CURTA A NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK, SIGA-NOS NO INSTAGRAM E TWITTER, COMPARTILHE AS NOSSAS PUBLICAÇÕES*

*Instagram* - https://www.instagram.com/tribunadobrasil/

*Facebook* - https://web.facebook.com/tribunadobrasil.tbr/

*Twitter* - https://twitter.com/tribunabrasilBR

*e-Mail*: grupoM4.contato@gmail.com

#brasil #brasilia #riodejaneiro #saopaulo #ceara #bahia #minasgerais #riograndedosul #riograndedonorte #santacatarina #jornalista #andersonmiranda #noticias #grupom4 #comunicacao #producao #publicidade #tribunadobrasil #tribunadodf #alobrasilia #daquidf #eixonacional #deputadosesenadores #prefeitosevereadores #entendercondominio #folhadodf #informaconcurso #jknoticias #jornaldoentorno #maisaguasclaras #opasquimdobrasil #pautanacional  #consultarimoveis #jornalismo 

 

Boazinhas

Melhores