Periferia, violência doméstica, amor e carreira no cinema foram alguns dos assuntos abordados ao lado do produtor Chriss Paiva sob o comando de Yago Sales e Felipe Cardoso 




Há quem diga que o rap é o grito da alma, frase que Donato No Relato já ouviu diversas vezes ao longo de sua vida, pois ele sempre teve o estilo como trilha sonora e paixão. No entanto, para ele, fazer rima é mais do que isso, é a sua essência sua raiz. Ele foi convidado para participar do podcast Papo Xadrez, dos jornalistas Yago Sales e Felipe Cardoso, que contou também com a participação do produtor musical Chriss Paiva. Durante o bate papo descontraído, ele pode apresentar seu trabalho que há cerca de dois anos vem desenvolvendo como excelente alternativa musical produzida em Goiânia, feita completamente de forma independente. 


Com 10 clipes gravados e um milhão de visualizações no canal CausArt do Youtube, Donato No Relato é a personificação do rap, um estilo musical típico de periferia, de protesto que é pouco comum no estado de Goiás, que tem como força motora a música sertaneja. "Eu poderia ir pelo caminho mais fácil, embarcar para o Rio de Janeiro onde o mercado é mais forte e investir nesse segmento. Mas eu sou local, eu quero fazer isso aqui", explica o artista que tem como primeiro trabalho o single "Made In Goiânia", no qual ele fala das idas e vindas dele pelo mundo, inclusive morando na Europa, mas é aqui em Goiânia, que ele se encontra. O clipe tem lindas cenas da Capital e uma batida alto astral. 


Vindo de uma infância na periferia, do bairro Santo Hilário, da região leste da Capital, No Relato traz em seu trabalho a realidade de crianças criadas em ambiente hostil, encarando a violência das ruas e também em casa. Cresceu ao lado dos seus três irmãos e fala com orgulho da influência de sua mãe, que logo cedo o matriculou em uma escola filantrópica que tinha como base educacional a arte. "Foi lá que eu conheci a música, eu e meu irmão pudemos tocar instrumentos e logo no primeiro festival já fomos ao pódio. Ficamos em segundo lugar, mas foi nesse momento que eu vi o que me deixava feliz". 



Cinema

Durante a conversa no Papo Xadrez, Donato também apresentou seu mais recente trabalho, a participação do curta-metragem 'Práxis'', do diretor Eduardo Rosário, no qual ele é um dos protagonistas e também assina a trilha sonora da película. "Esse trabalho no cinema, por exemplo, é uma prova de como é difícil fazer arte no nosso estado. As pessoas não entendem o que tem por trás disso, como os profissionais envolvidos. É como fazer rap em goiânia, tem muito talento, muito trabalho mas pouca valorização", falou.  


Donato fez questão de mostrar sobre suas referências, sua experiência ainda muito jovem com apenas 18 anos fora do País e como isso o tornou um artista maduro, que hoje aos 30 anos, já coleciona hits mesmo em lugar onde a cultura da música tem tendência para estilos mais populares.  "Sou apaixonado pela palavra. Essa é minha marca. É o que eu gosto de fazer e eu sei que mandaria muito bem no trap, por exemplo, mas meu lance é a rima falada, o rap antigo, o beat", se define.  


Além da estreia no cinema, ele acaba de lançar também o novo single "Vida de Filme". A canção tem uma proposta de valorizar a cultura de rua com uma mistura de ritmos que traz um toque de samba, capoeira, hip hop e claro, o rap, estilo base do artista goiano. A melodia é um convite para cair na dança e regozijar da alegria de viver dele, que foi a luta e conquistou sonhos outroras tidos como impossíveis. 


No canal oficial do CausArt já podem ser ouvidos os hits: "Made In Goiânia",  "Favelado Chique", "Mãe", "Fé pra Tudo", "Ma Cherie", "Papo de Visão" "Cancelamento", e "Papai não sou Bebê", que ele gravou com seu filho, MC Danielzim.   

 


Sobre o artista 

Donato hoje tem 30 anos, é cantor de freestyle autodidata e  desde criança compõe suas rimas e já até venceu concursos do tipo. Aos  28 anos de idade criou o estúdio musical e produtora CausART, que produz suas músicas e clipes, além de apoiar novos artistas goianos.  Depois de morar por alguns anos na Europa, voltou ao Brasil onde se dedica a sua arte. 

 

O episódio 11 do PodCast Papo Xadrez pode ser conferido na íntegra no Youtube

 

Fotos : no podcast: Divulgação

Do Donato: Fufa Pessoa



Compartilhar:

Lorena Lázaro

Comente:

0 comentários

Boazinhas