Articles by "batista"
Mostrando postagens com marcador batista. Mostrar todas as postagens
O Bankmanager opera com interface com os principais ERPs do mercado e garante experiência Open Banking aos mais de 4 mil usuários cadastrados



A Finnet, empresa de tecnologia financeira com atuação de mais de 18 anos no mercado, possui uma plataforma de gerenciamento de operações financeiras para empresas que unifica diversas funções em um mesmo ambiente. O Bankmanager otimiza a rotina do departamento financeiro com agilidade e qualidade, funcionando como Internet Banking multibanco e multiempresa.

A solução modular apóia as empresas na rotina e automação de pagamentos – como de folha, tributos e fornecedores - e cobranças, além de oferecer uma plataforma para consolidação de extratos. De acordo com Ori Brandão, CMO da Finnet, a solução se mostra perfeita para gestão de aprovação de pagamentos, já que funciona através de um único app, eliminando a necessidade de múltiplos tokens, com total segurança. “A plataforma é segura e criptografada, passando por avaliação e auditorias mensais, e oferece a garantia de não ter manipulação humana dos arquivos”, afirma.

Solução integrada aos principais sistemas

O Bankmanager é uma plataforma unificada, com interface simplificada de uso, e que possui integração com os principais ERPs do mercado. Desta maneira, seu uso é indicado para empresas de todos os portes. “Temos como principal diferencial o nosso sistema de atendimento, que opera em 24x7. Além disso, segundo dados repassados por clientes, as plataformas da Finnet são mais eficientes e com funcionalidades mais objetivas do que as outras opções do mercado”, afirma Ori.

A plataforma já está disponível ao mercado há alguns anos, mas continua a ser uma das poucas soluções que oferecem aos clientes a flexibilidade de trabalharem com quantos e quais bancos desejarem. Isso permite uma experiência verdadeira de Open Banking aos clientes B2B. São mais de 80 bancos homologados e 4 mil usuários ativos. Somente nos últimos 12 meses foram mais de R$565 bilhões de pagamentos trafegados dentro do Bankmanager.

Plataforma permite mais agilidade e facilidade nos processos financeiros

A Myralis Pharma, uma das maiores indústrias farmacêuticas do Brasil, focada em vitaminas e suplementos, encontrou na Finnet uma solução para o seu time financeiro. De acordo com Lia Teixeira, Financeiro na Myralis, a utilização da ferramenta possibilitou agilidade nos processos diários de pagamentos da empresa.

“Quando começamos a trabalhar com vários bancos, enfrentamos dificuldades com vários acessos, senhas, tokens. Era um grande problema para a vice-presidente, que relatava problemas durante a execução de tarefas através do celular. Hoje, com o Bankmanager, em apenas uma plataforma ela consegue fazer tudo, e ainda gerar relatórios simplificados para as mais de 1500 transações que realizamos mensalmente”, afirma Lia.

Com o Bankmanager, a Myrallis obteve grandes resultados expressos, principalmente em diminuição de erros e redução de horas operacionais - que antes aconteciam com o uso manual dos sistemas – além de estar em compliance nas operações financeiras.

Sobre a FINNET:

AS PRINCIPAIS SOLUÇÕES PARA ORBITAR NO SEU ERP

Há mais de 18 anos no mercado, simplificando a gestão financeira de empresas através de softwares de gestão empresarial, automação de processos e transmissão de dados (EDI e RPA). Queremos ser o complemento ao seu ERP, fazendo com que a Finnet seja a principal solução que orbita dentro dele. Com isso, conseguimos entregar o upgrade tecnológico que seu processo financeiro precisa!


O culto celebra os 61 anos de Brasília completados em 2012. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também foi homenageado cum medalha de honra ao mérito pelos serviços prestados à capital de todos os brasileiros

Foto: Paulo Henrique Carvalho.

Lideranças evangélicas do Distrito Federal celebraram na manhã deste sábado (14) um culto em homenagem aos 61 anos de Brasília. A cerimônia ocorreu na Igreja Presbiteriana Renovada, no Cruzeiro Novo, com a presença de autoridades políticas e religiosas do DF.

O governador Ibaneis Rocha e a primeira dama e secretaria de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha, Rocha receberam uma medalha de honra cada um pelos serviços prestados à capital.

A celebração religiosa ocorreu cerca de quatro meses depois do aniversário de Brasília, completados em 21 de abril. Na data, as igrejas e templos religiosos atendiam as medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus e realizavam missas e cultos sem a presença de público.

Mayara foi homenageada pelo Conselho de Mulheres Evangélicas do DF (Comev) e Ibaneis pelo Conselho de Pastores Evangélicos (Compev) – grupo que completa 50 anos em 2021.

"É uma situação de honra estar na posição  que ocupo e poder ajudar a melhorar a vida de tantas pessoas por meio da políticas públicas que desenvolvemos no governo", disse ela.

Já o governador ressaltou a harmonia nas relações construída pela sua gestão com as igrejas evangélicas, católicas e afrodescendentes desde o início da sua gestão. "O Governo do Distrito Federal é das religiões, de Deus, e vai continuar andando de braços dados com os pastores e religiosos em prol da evolução e crescimento das nossas cidades", afirmou.


O Programa Viva Vôlei, da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), realizará nos dias 14 e 15 de agosto um curso de captação para até 50 professores e estagiários de Educação Física em Brasília (DF). O curso acontecerá no Sesi – St. F Norte QNF 24 -área especial – Taguatinga Norte Brasília – DF, 72125-740 – e terá 16 horas de duração, oito por dia. Para se inscrever basta clicar no link abaixo. As vagas serão preenchidas mediante a disponibilidade e de acordo com a ordem de inscrição. Os 50 primeiros inscritos, com os documentos e informações completas, serão os participantes escolhidos



Os jovens entre 15 e 18 anos que tiverem interesse em participar das atividades do VivaVôlei no DF deverão se inscrever aqui. É necessário anexar os documentos requeridos, escolher o núcleo e horário de participação. Na sequência, mais informações serão fornecidas por e-mail.

https://cbv.com.br/noticia/28650/vivavolei-realiza-curso-de-capacitacao-em-brasilia

O VivaVôlei em Brasília é uma parceria firmada entre a CBV e a Secretaria de Estado de Juventude do Distrito Federal. Tendo também como parceira a Secretaria de Esportes para a disponibilização dos Centros Olímpicos para a implantação e execução dos 10 núcleos na capital nacional.


Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil é tema de curso gratuito da Escola do Legislativo. O curso vai apresentar, entre outros temas, elementos básicos para a elaboração de um Plano de Trabalho e abordará a execução de contratos e a prestação de contas


Fotos: Rogério Lopes.

O deputado Delmasso (Republicanos), vice-presidente da Câmara Legislativa do DF, elaborou projeto de lei, e a CLDF aprovou para que as quadras do Distrito Federal possam ser revitalizadas. A execução das melhorias será feita em parceria com as associações de moradores, prefeituras comunitárias, conselhos comunitários e cooperativas habitacionais.

Com a  Lei nº 6.915/2021 , o poder público poderá estabelecer parcerias com as organizações mencionadas para revitalização de áreas internas das quadras do Distrito Federal. São contemplados serviços como jardinagem, roçagem, manutenção de pontos de encontro, quadras poliesportivas, parques e demais instalações de uso comunitário. "O crescimento populacional exige do Poder Público uma melhoria na qualidade dos serviços públicos e na manutenção nas cidades", diz Delmasso.

Dessa forma, o Governo estabelecerá vínculos com as comunidades, facilitando no levantamento de necessidades e agilizando o processo de manutenção, que por vezes, é lento e ineficaz. A transferência de recursos também facilitará a manutenção e instalação dos espaços, que são relevantes no convívio comunitário. "A respectiva política pretende unir esforços de atuação do poder público e das organizações da sociedade civil para revitalizar ou conservar as inúmeras áreas públicas existentes nas quadras residenciais no Distrito Federal", comentou Delmasso.

O Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC) – Lei nº 13.019/14 – é tema de curso a distância da Escola do Legislativo do Distrito Federal (Elegis), que terá duas turmas a partir do dia 23 de agosto próximo. Destinado a integrantes de associações de moradores, prefeituras comunitárias, conselhos comunitários e membros de OSC, constituída há pelo menos dois anos, o treinamento está com inscrições gratuitas abertas.

Além de noções do MROSC, o curso vai apresentar, entre outros temas, elementos básicos para a elaboração de um Plano de Trabalho e abordará a execução de contratos e a prestação de contas na perspectiva da Política Pública de Participação das Organizações da Sociedade Civil, que trata do apoio à manutenção de equipamentos e à conservação de áreas verdes, previsto na Lei nº 6.915/2021.

Segundo Gerson Silva, da Escola do Legislativo, a proposta enquadra-se nos objetivos da CLDF de oferecer formação em temas como "cidadania" ao público externo. "A ideia é capacitar os representantes das OSC nos trâmites das parcerias que podem ser firmadas com o Poder Público", explica.

Na Sala de Aula Virtual da Elegis, o curso será ministrado pelo professor Ivan Gusmão Cavalcante, servidor da Secretaria de Educação do DF, com experiência em Gestão Educacional e em análise de prestação de contas em convênios com a pasta. Consultor pedagógico e poeta, com quatro livros publicados, ele também é instrutor da Escola de Governo do DF.

A primeira turma, com 50 vagas, terá aulas de 23 a 26 de agosto das 8h às 12h e as inscrições podem ser feitas até o dia 20 próximo. Para a segunda turma, com o mesmo número de vagas, o curso começa em 30 de agosto e prossegue até 2 de setembro, no mesmo horário. Neste caso, é possível inscrever-se até o dia 27 de agosto. As inscrições são realizadas na página da Escola do Legislativo do DF e, inicialmente, é necessário cadastrar-se na plataforma.

Inscrições pelo link: https://elegis.cl.df.gov.br/

A Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) da Câmara Legislativa aprovou nesta terça-feira (10) o PL 1308/2020, do vice-presidente da Casa, deputado Delmasso (Republicanos), que estabelece penalidades administrativas aos agentes públicos que cometerem atos de corrupção e improbidade envolvendo recursos e bens destinados ao enfrentamento de pandemias e calamidade pública

Fotos: Rogério Lopes.

As sanções ao agente público poderão ir de multa à demissão, além de ser impedido de ocupar, pelo prazo de dez anos, qualquer cargo público no DF.

De acordo com o autor, o projeto não afasta a aplicação de outras penalidades, como as previstas na Lei de Improbidade Administrativa, "limitando-se a impor ao agente público ímprobo uma penalização administrativa em caso de malversação de bens e/ou recursos destinados ao combate de pandemias e calamidades públicas". Também de Delmasso, foi aprovado o PLC 78/2016, que possibilita a contratação de estagiários pelo Fundo para Geração de Emprego e Renda, e aumenta o limite de empréstimo na Carteira de Crédito Urbano e Rural.

 

Desenvolvido pela plataforma Pro Currículo, da MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental, o curso online 100% gratuito, com 18 horas de conteúdo prático e 35 horas de lives, será oferecido a pessoas a partir de 14 anos, sem limite máximo de idade. Objetivo é proporcionar aos jovens a oportunidade de entender o mercado de trabalho, redigir um bom currículo, participar adequadamente de seleções e saber se comportar no período de experiência de 90 dias

 


MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental: 10.000 bolsas de estudo para ajudar os jovens a conquistarem um bom emprego

 

'Do zero à contratação' é o nome do curso que será oferecido gratuitamente pela MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental a mais de 10.000 jovens brasileiros, por meio de sua plataforma virtual Pro Currículo.

 

Com 35 escolas profissionalizantes no estado de São Paulo, a MicroPro mantém a plataforma Pro Currículo para ajudar seus alunos a conquistarem um posto de trabalho e o curso 'Do zero à contratação' é um dos mais procurados, por ser bastante completo. "São 18 horas de conteúdo prático, em que o aluno traça o caminho que vai desde o reconhecimento de uma vaga até como se comporta quando a conquista. Além disso, disponibilizamos mais 35 horas de lives ligadas ao tema", diz Bruno Barros, Gerente de Treinamento da MicroPro.

 

É esse curso, integral, que será oferecido gratuitamente a todos os que se cadastrarem na plataforma Pro Currículo. "Não fizemos qualquer alteração da versão paga para a versão gratuita porque acreditamos que o curso está muito completo e que, realmente, quem participar dele terá acesso a um conteúdo riquíssimo", explica o Gerente de Treinamento.

 

O conteúdo do curso 'Do zero à contratação'

 

Na plataforma Pro Currículo – exclusividade da MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental - , o bolsista acessará o curso 'Do zero à contratação' e terá acesso ao conteúdo, que aborda muitas questões comportamentais, como o uso das redes sociais, a procura das vagas e como escolhê-las, por exemplo.

 

O currículo recebe destaque no conteúdo, já que é peça fundamental na busca por emprego. "Nesta etapa, mostramos quais são os melhores formatos, o que colocar e o que não é comum usar num currículo, para que o jovem tenha um instrumento bem redigido", informa Barros.

 

Depois, a entrevista é detalhada, já que é um dos momentos de maior tensão para o candidato a um emprego. "Mostramos como ele deve se portar antes, durante e depois da entrevista; que perguntas deve fazer e como pode responder diversas questões".

 

Quando o jovem consegue sua sonhada vaga, ele não fica sem respostas: o curso 'Do zero à contratação' o ajuda a separar a documentação correta para entregar à empresa contratante, bem como o ensina a se preparar para o primeiro dia de trabalho. "Depois, mostramos quais são as atitudes corretas do colaborador nos 30, 60 e 90 dias do período de experiência, já que pesquisas indicam que os jovens que conseguem emprego tendem a perdê-lo por problemas comportamentais", pondera Barros.

 

O curso 'Do zero à contratação' trará, ainda, um conteúdo-bônus, que aborda o tema "Como ser um profissional nota 10". "Novamente, abordamos dicas comportamentais, reforçando a necessidade de o jovem preparar-se o tempo todo para ocupar seu posto de trabalho com bom senso e capacitação profissional".

 

Doação de mais de 10.000 bolsas

 

A doação de mais de 10.000 bolsas de estudos faz parte do trabalho educacional da rede MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental, com 35 escolas em cidades paulistas.

 

Os empreendedores Anderson Siqueira e Fábio Affonso, que dirigem a marca, acreditam que apenas pela Educação se conquiste uma condição melhor de vida e têm nos jovens o foco do trabalho que realizam.

Para participar do curso 'Do zero à contratação', o interessado, a partir de 14 anos de idade, deve acessar o link e fazer seu cadastro: http://dozeroacontratacao.com.br.

A MicroPro acredita que não basta oferecer aos profissionais, principalmente os jovens, formação puramente técnica. "Sem investir na formação também comportamental, os jovens chegam ao mercado de trabalho sem saber como agir e, quando conseguem emprego, perdem oportunidades por problemas comportamentais. Muitos talentos são desperdiçados assim", diz Fábio Affonso.

 

 

Como surgiram os cursos comportamentais da MicroPro

 

"O comportamento inadequado é o principal obstáculo para contratar jovens". Essa foi a chamada de uma reportagem publicada no ano de 2018 que levou o empresário Fábio Affonso, franqueador da rede MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental, a tomar uma atitude em suas 38 escolas: ele decidiu dar aos alunos da MicroPro a chance de mudar esse cenário. "Eu já sabia que meu público-alvo tinha problemas para conseguir e manter emprego, mas ter acesso à pesquisa indicada na reportagem só reforçou a vontade que eu já tinha de ajudá-lo a superar essas dificuldade", diz ele.

 

A pesquisa que compôs a reportagem, realizada pela Catho, revelou que o maior entrave para a contratação de jovens, na época, era o comportamento inadequado deles (48%), superando até mesmo a falta de qualificação (25%) e de experiência (16%). A reportagem está disponível em: https://glo.bo/2APmKiT

 

A mudança que Affonso iniciou na MicroPro chama-se CoachingMax.

 

O CoachingMax consiste em aulas de desenvolvimento comportamental que os alunos realizam minutos antes dos cursos regulares. Temas importantes para a vida e o mercado de trabalho – que vão de resiliência a relacionamento em equipe – são tratados em mais de 90 aulas. "É incrível a identificação dos alunos com os temas abordados. A cada aula, eles me procuram para entender mais e quando visito as escolas, ficam muito contentes. Antes do CoachingMax, eu passava despercebido. Agora, que ministro essas aulas, até selfie comigo eles querem tirar!", diverte-se Affonso.

 

O profissional sabe da importância do desenvolvimento comportamental para os jovens dos cursos profissionalizantes das classes C e D, as mais atendidas pela MicroPro. "Eu venho da mesma realidade dessa moçada e sei o quanto é difícil aprender sem um direcionamento, sem exemplos positivos. Por isso, é tão difícil comportar-se adequadamente quando a oportunidade de emprego aparece. Por mais que muitos adquiram conhecimento técnico, não conseguem ir longe sem a chamada inteligência emocional", pondera.

 

É por isso que a MicroPro estendeu o programa agora, na quarentena, aos alunos de todas as turmas, por meio da Jornada do Campeão. "As duas semanas foram um sucesso e todos os participantes receberam seus certificados, que também ajudam no currículo", completa Affonso.

 

 

Sobre a MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental

 

Nascida em 2005, a partir da experiência dos empreendedores Fábio Affonso e Anderson Siqueira, a MicroPro Desenvolvimento Profissional e Comportamental oferece mais de 20 cursos de qualificação profissional: Profissional Administrativo Tecnológico; Games e Design; Analista de Suporte Técnico; Gestão Administrativa; Editor de Vídeos; Webdesigner; Marketing Digital; Programador Web; Youtuber; Gestão Comercial e Marketing; Secretariado; Gerente de Hotelaria e Turismo; Assistente de Refinaria e Mineração; Designer de Games; Gestão de Recursos Humanos; Kids (Mini Gênio); Informática Profissional Full; Atendente de Farmácia; Informática Profissional; Inglês Profissional; Terceira Idade e Vip, entre outros.

 

Tem como grande destaque o programa CoachingMax, o primeiro programa de coaching para jovens ministrado em uma rede de franquias de qualificação profissional, que é oferecido a todos os alunos da rede, em conjunto com qualquer curso. Esse diferencial faz parte de um projeto pessoal de Fábio Affonso, franqueador e fundador da marca, de mudar vidas pela Educação.

 

 

Onde tem MicroPro?

 


Americana

Araçatuba

Araraquara

Atibaia

Bauru

Botucatu

Bragança Paulista

Campinas

Catanduva

Guarulhos

Hortolândia

Indaiatuba

Itapetininga

Itu

Jacareí

Jaú

Jundiaí

Limeira

Marília

Matão

Mogi Guaçu

Mogi Mirim

Paulínia

Piracicaba

Ribeirão Preto

Rio Claro

Salto

Santa Bárbara d'Oeste

São Bernardo do Campo

São Carlos

São José do Rio Preto

São José dos Campos

São Paulo - Penha

Sorocaba

Sumaré

Valinhos

Votorantim


 

Para conhecer os endereços das unidades MicroPro, acesse o site: www.micropro.com.br

­­­­­­­­­­­­­­­­­­



Audiência Pública Remota quarta-feira, 18 de agosto às 19h para discutir sobre a Assistência Religiosa no Sistema de Saúde Prisional do Distrito Federal



O Deputado DELMASSO tem a honra de convidá-lo para Audiência Pública Remota para discutir sobre a Assistência Religiosa no Sistema de Saúde Prisional do Distrito Federal, agendada para quarta-feira (18/ago) às 19h.

Entrar na reunião e depois informe o ID e senha no link do Zoom: https://us02web.zoom.us/j/86925698526?pwd=Y0ZHRENwUmsvQ1JUc1BzOXBBKzhPdz09#success

ID: 869 2569 8526
Senha: 101020

Transmissão ao vivo pela TV WEB: https://www.youtube.com/channel/UCq1lyhE02Q9I0x8gBDM9lOQ

Ou pelo Portal e-Democracia: https://edemocracia.cl.df.leg.br/


Em outubro, haverá a Corrida do Sejuquinha e, em dezembro, a Corrida pelos Direitos Humanos  


A atividade física é muito importante em todas as fases da vida e oferece diversos benefícios para a saúde. Além disso, correr faz parte de muitas brincadeiras e, por isso, é considerada uma ação natural para a maioria das crianças. Pensando nisso, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) vai promover, em 12 de outubro, por meio de parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMFDF), a Corrida do Sejuquinha.

Segundo a titular da Sejus, Marcela Passamani, a ideia é que o evento reúna um ambiente lúdico e uma proposta que estimula a diversão em vez da competição. "Não há nada melhor do que uma corrida infantil para juntar essa vontade de se mexer com a grande quantidade de energia que as crianças possuem. Nós queremos que os pequenos tomem gosto pelo esporte desde cedo e se divirtam enquanto brincam com novos e velhos amigos", explica.

O evento, voltado para crianças e adolescentes, será dividido em categorias por faixas etárias. Os pais ou responsáveis também podem participar, correndo ao lado da criança. Todos os inscritos ganharão medalhas.

As inscrições serão abertas em breve. Para participar, é preciso doar latas de leite em pó, que serão repassadas para o Movimento Solidariedade Salva.

Corrida pelos Direitos Humanos
Além da corrida no Dia das Crianças, a Sejus anuncia a realização da 1ª Corrida pelos Direitos Humanos. Nesta atividade, poderão participar pessoas de todas as idades, residentes no Distrito Federal e entorno, independentemente de condição socioeconômica, etnia, deficiência, gênero, faixa etária, domicílio e ocupação. Para participar, basta doar 1 quilo de alimento, que será destinado a famílias em situação de vulnerabilidade, por meio do programa Voluntariado em Ação, coordenado pela Sejus.

A competição está marcada para 5 de dezembro, na semana em que é comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos, com o objetivo de promover a conscientização sobre o tema entre a população do DF. Além disso, a corrida é uma forma de dar visibilidade para as demandas dos diferentes grupos sociais participantes.

Em 2021, a Declaração Universal dos Direitos Humanos completará 73 anos de existência. O documento é considerado o mais traduzido da história moderna e foi criado para servir como uma base para os direitos humanos em todo o mundo, como "o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações".


Dia Internacional da Juventude, nesta quinta (12), foi comemorado no espaço que, em breve, vai acolher mais de 60 mil jovens entre 15 e 29 anos

Fotos: Acácio Pinheiro.

O Dia Internacional da Juventude foi comemorado nesta quinta-feira (12) em Samambaia Sul, região que, em breve, receberá mais um Centro de Juventude, o quarto do Distrito Federal. No local, as secretarias de Juventude (Sejuv), Desenvolvimento Social (Sedes) e Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) apresentaram à comunidade as políticas públicas voltadas às pessoas de 15 a 29 anos.

Os secretários Kedson Rocha, da Juventude, e Mayara Rocha, de Desenvolvimento Social, conferiram as novas instalações do Centro da Juventude em Samambaia Sul, ao lado da secretária nacional da Juventude, Emilly Coelho, e do diretor regional da Adra (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais), Jeconias Neto | Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

A secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha; o secretário de Juventude, Kedson Rocha, e a secretária nacional de Juventude, Emilly Coelho, estiveram presentes. As autoridades foram conferir de perto as instalações do novo Centro da Juventude de Samambaia Sul, localizado na QN 313. O local foi completamente reformado e adaptado para aulas de capacitação profissional, esporte e atividades culturais. Os investimentos do GDF foram de aproximadamente R$ 500 mil.

"Os jovens são uma grande preocupação do governo, estão se encaminhando para a vida adulta e, muitas vezes, não têm perspectiva de futuro. Este espaço aqui em Samambaia traz uma visibilidade muito importante, e ao entrar os jovens vão conseguir ter todo o tipo de encaminhamento", afirmou a secretária Mayara Noronha.

Já o secretário da Juventude agradeceu ao intercâmbio entre as secretarias para promoção dos espaços em outras regiões administrativas. "Costumo dizer que o governador é uma pessoa que pensa no jovem, tem um carinho muito especial. Vamos concluir este centro em Samambaia e temos mais um a caminho no Recanto das Emas. O DF vai contar com pelo menos cinco unidades", destacou Kedson.

Os Centros de Juventude vêm ganhando relevância tanto local quanto nacional, como ressaltou a secretária nacional Emilly Coelho. "É muito importante que esses espaços existam, porque, infelizmente, muitos jovens não têm lugar para ficar quando não estão estudando e acabam na ociosidade, em praças e nas ruas, e indo por um caminho que não é o ideal. Queremos levar os centros para o Brasil todo, porque é uma política pública muito efetiva", afirmou.

Complemento
Nesta quinta-feira (12), um ônibus do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) esteve presente, realizando a inscrição de jovens interessados em cursos profissionalizantes. Outro veículo apresentando o projeto Reciclotech, da Secretaria de Ciência e Tecnologia, também estava estacionado.

Quem passou por lá também pôde ser informado sobre o Cadastro Único (CadÚnico) voltado a pessoas em vulnerabilidade; e o programa ID Jovem, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

  
Em pronunciamento durante a sessão ordinária da Câmara Legislativa desta terça-feira (10), o deputado Delmasso (Republicanos) defendeu proposta de sua autoria que trata da criação do Complexo Logístico de Importação e Exportação do DF (PL nº 1.690/21)



"A importância da aprovação dessa proposição não se deve apenas à atração de novos empreendimentos. Precisamos manter e ampliar as empresas que já estão aqui", comentou Delmasso.

Uma das vantagens da instalação do complexo em Brasília, segundo o distrital, é a localização geográfica. A matéria foi debatida em audiência pública na última quarta-feira (4).
Por determinação do governador Ibaneis Rocha (MDB), ao todo, 91.764 receberam a primeira dose; cobertura vacinal chega a 76,34% da população adulta

Foto: Renato Alves.

No primeiro dia de vacinação para a faixa etária de 20 a 24 anos, o Distrito Federal bateu mais um recorde na campanha contra a covid-19. Ao todo, a Secretaria de Saúde aplicou 100.225 doses nesta quinta-feira (12), sendo 91.764 para quem iniciou o esquema vacinal, 8.165 para quem completou o ciclo e 296 doses únicas. Também estão sendo vacinadas pessoas com 25 anos ou mais.

Quase 92 mil pessoas tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19 no primeiro dia de cobertura vacinal para a faixa etária de 20 a 24 anos | Fotos: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

"Novamente nossas equipes mostram sua grande capacidade em vacinar a população do Distrito Federal. O DF precisava receber mais vacinas para aplicar rapidamente e isso ficou bem claro nos últimos dias, com vários recordes alcançados", destacou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto. Segundo ele, "esse avanço só está sendo possível porque temos o apoio do governador Ibaneis Rocha e a dedicação plena dos servidores da rede pública de saúde."

76,34%é a cobertura vacinal da população com a primeira dose ou dose única

O primeiro recorde ocorreu em 3 de agosto, quando foram feitas 85.910 aplicações, sendo 74.962 de primeira dose. Na última terça-feira (10) – primeiro dia de vacinação para o público de 25 a 29 anos – esse índice foi batido, com 76.324 primeiras doses aplicadas.

A cobertura vacinal nesta quinta-feira (12) chegou a 76,34%, considerando quem recebeu a primeira dose ou a dose única, e 29,38% para quem recebeu a segunda dose ou a dose única. O percentual considera somente a população adulta vacinada.

Sexta-feira (13)
A vacinação continua nesta sexta-feira (13) segue em 70 pontos, nas modalidades pedestre e drive-thru. Veja onde receber a primeira dose:



Para receber a segunda dose, a Secretaria de Saúde orienta verificar quais os pontos que oferecem o imunizante recebido na etapa inicial da vacinação. Veja a relação dos locais:




O Governo de Goiás investe R$ 144 milhões na aquisição de Chromebooks, que serão distribuídos a todos alunos da 3ª série do Ensino Médio. Reforma de escolas e da Coordenação Regional de Educação de Aparecida de Goiânia contou com investimentos de R$ 929,6 mil. Estado recebe ainda acesso a aplicativo que vai contribuir com avaliação no ambiente escolar


Caiado durante entrega de computadores e inauguração de obras de quatro unidades da rede estadual de ensino: "Fiz um compromisso de vida, que é investir fortemente na educação" (Fotos: Secom-GO)

Em comemoração ao Dia do Estudante, o governador Ronaldo Caiado iniciou, nesta quarta-feira (11/8), a distribuição de 60 mil computadores do tipo Chromebook a alunos da rede estadual de ensino, no Colégio da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) Nader Alves Dos Santos, em Aparecida de Goiânia. Ao todo, o Governo de Goiás investiu R$ 144 milhões na aquisição dos equipamentos, que serão distribuídos a todos os estudantes da 3ª série do Ensino Médio.

Na ocasião, Caiado inaugurou a reforma de quatro unidades da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), com investimentos de R$ 929.627,20, e recebeu uma doação da empresa TryEdu, para que alunos possam ter acesso a um aplicativo que vai contribuir na avaliação do aprendizado.

"Como governador, desde que ganhei, fiz um compromisso de vida. Vamos investir fortemente na educação, em Goiás", garantiu Caiado ao fazer as primeiras entregas de equipamentos. "Chegamos à educação do século XXI. Sem dúvida, saímos de um quadro analógico para um momento mais sofisticado, mais moderno, atual e com o objetivo único de gerar conhecimento", asseverou o governador.

Caiado ainda fez questão de ressaltar que apenas o ensino oferece condições para ser um vencedor na vida e ter uma profissão. "Quando você tem uma boa educação, inevitavelmente, não tem obstáculo, não tem dificuldade, você vai vencer na vida. Acreditem. Não tem caminho fácil", declarou.

O governador fez questão de demonstrar as funções do Chromebook. "Vira um tablet, que facilita o acesso a tudo que precisarem para colocar o conhecimento em dia, em qualquer uma das matérias. Vai dar a vocês uma oportunidade ímpar de revisar o que já foi pedido em outros exames", explicou Caiado. "Este equipamento vai deixar todos mais preparados. É sinal de respeito que temos com os alunos e professores", destacou.

O vice-governador Lincoln Tejota afirmou que a atual gestão constrói uma educação diferente. "Você (aluno) pode ser o que quiser. Se quiser ser médico ou policial, vai ser, porque, no que depender do Estado, dos colégios, vamos dar as condições. Não será por falta de tênis, uniforme e material. E isso não é favor", sublinhou. Ele ainda conclamou para que os alunos e seus responsáveis cuidem dos equipamentos. "Tudo isso é porque o futuro de vocês importa. Precisamos fazer com que o melhor do Estado possa ser investido em vocês", garantiu Tejota.

As entregas contemplaram 400 alunos que integram a Coordenação Regional de Aparecida de Goiânia, que inclui ainda Aragoiânia, Bonfinópolis, Caldazinha, Senador Canedo e Hidrolândia. Estudantes do programa GoiásTec, em Silvânia e Rio Verde, também foram beneficiados. Todos irão assinar um termo de cessão de uso e levar os computadores para casa, onde poderão estudar e participar das aulas remotas.

A ação faz parte do plano de investimentos do Governo de Goiás, por meio da Seduc, que visa promover condições de igualdade a todos os estudantes de Goiás. Os Chromebooks são distribuídos para alunos que, neste ano, se preparam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e devem ser devolvidos ao final do ano letivo.

A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, pontuou que o governador Ronaldo Caiado fez questão de realizar a entrega no Dia do Estudante. "Fazemos essa distribuição a todos os alunos do 3º ano do Ensino Médio, independente da modalidade", afirmou. Segundo a gestora, são equipamentos de última geração, inclusive com touch screeen, que é a tela sensível ao toque. "Tem tudo que precisam para estudar, pesquisar e aprimorar o trabalho", garantiu. Ela ainda pediu que todos zelem pelos equipamentos para que, ano que vem, outro estudante possa utilizar.

Ao todo, serão entregues 60 mil Chromebooks a todos os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual. O equipamento é similar ao notebook, porém com algumas diferenças, como a presença de aplicativos semelhantes aos de celular. Os alunos que não tiverem conectividade em casa para utilizar as funcionalidades do computador poderão utilizar a escola como ponto de apoio para baixar vídeos e atividades e atualizar os programas, e continuar os estudos de forma off-line em casa.

Beneficiada com um Chromebook, a estudante Amanda Beatriz, de 18 anos, aluna do Colégio Estadual Deputado Manoel Mendonça, em Hidrolândia, afirmou que até então contava apenas com um celular para ajudar nas aulas. "Tem muita gente que não tem condição de comprar. Vai ajudar bastante, será um incentivo. Vou conseguir pesquisar e estudar mais", destacou a jovem. "Agradecemos por todos os investimentos feitos no Estado de Goiás, principalmente na educação", afirmou a estudante do CEPMG Nader Alves Dos Santos, Isis Cavalcante.

Programa Conectar
Para garantir Internet de alta velocidade em todas as escolas estaduais, o Governo de Goiás lançou o programa Conectar, em maio deste ano, que destina às escolas estaduais, mensalmente, recursos proporcionais ao número de estudantes matriculados para a contratação de pacotes de Internet com velocidade suficiente para atender todos os seus alunos e professores.

Os valores variam entre R$ 233, para escolas com menos de 210 alunos, e R$ 300, para as escolas com mais de 1,7 mil estudantes. Na totalidade, o programa Conectar conta com investimento estadual de R$ 4,8 milhões.

Investimentos em obras
Na ocasião, o governador também inaugurou a reforma de quatro unidades da Seduc, em Aparecida de Goiânia e Aragoiânia. Ao todo, o Governo de Goiás investiu R$ 929.627,20 nas obras.

Em Aparecida de Goiânia, foram destinados R$ 230.999,99 ao Colégio Estadual Severina Maria de Jesus; R$ 233.265,22 ao Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Professora Alzira Alves de Queiroz; e R$ 217.858,37 à Coordenação Regional de Educação. Ainda foram repassados R$ 247.503,62 para o Colégio Estadual José Cândido Rosa, situado em Aragoiânia.

Os serviços realizados em todos os prédios consistem em reforma da copa, da cozinha, da central de gás, do estacionamento, dos banheiros, cobertura e forro, aperfeiçoamento das instalações elétricas, pintura, e adequação às normas de prevenção à incêndio e de acessibilidade.

Tecnologia
Durante o evento, a empresa TryEdu doou ao Estado 1.420 chaves de acesso ao aplicativo "Uma Aventura na Escola". A ferramenta é um game (jogo) que simula uma unidade escolar, engajando o aluno e fornecendo diagnósticos aos professores. Por meio dela, conforme o envolvimento do estudante, é possível avaliar o seu desenvolvimento fornecendo dados e insights para que os professores possam individualizar o aprendizado.  "Os vouchers são doados para que vocês estejam conectados. Estamos caminhando juntos para conseguir melhorar e alavancar a educação em Goiás", disse o representante da TryEdu, Thiago Viana.

Participaram do evento o secretário de Estado da Comunicação, Tony Carlo; o diretor do CEPMG Nader Alves Dos Santos, capitão Rosimarx Wayne de Oliveira; os deputados federais Glaustin da Fokus e Zacharias Calil; os deputados estaduais Amilton Filho e Rafael Gouveia; a vice-reitora da Universidade Federal de Goiás (UFG), Sandra Mara; o secretário Municipal de Educação Divino Gustavo, representando a Prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Ainda a prefeita de Caldazinha, Solange Maria Gouveia; o vice-prefeito de Cachoeira Alta, Eduardo Corrêa; os coordenadores regionais Núbia Farias (Aparecida), Karen Proto (Rio Verde), No Dia do Estudante, em Aparecida de Goiânia, Caiado inicia entrega de 60 mil computadores e inaugura obras de quatro unidades da rede estadual de ensino

Objetivo é promover condições de conectividade a jovens que se preparam para o Enem 2021. Ao todo, Governo de Goiás investe R$ 144 milhões na aquisição de Chromebooks, que serão distribuídos a todos alunos da 3ª série do Ensino Médio. Reforma de escolas e da Coordenação Regional de Educação de Aparecida de Goiânia contou com investimentos de R$ 929,6 mil. Estado recebe ainda acesso a aplicativo que vai contribuir com avaliação no ambiente escolar. "Chegamos à educação do século XXI. Saímos de um quadro analógico para um momento mais sofisticado, moderno, atual e com objetivo único de gerar conhecimento", afirma governador

Em comemoração ao Dia do Estudante, o governador Ronaldo Caiado iniciou, nesta quarta-feira (11/8), a distribuição de 60 mil computadores do tipo Chromebook a alunos da rede estadual de ensino, no Colégio da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) Nader Alves Dos Santos, em Aparecida de Goiânia. Ao todo, o Governo de Goiás investiu R$ 144 milhões na aquisição dos equipamentos, que serão distribuídos a todos os estudantes da 3ª série do Ensino Médio.

Na ocasião, Caiado inaugurou a reforma de quatro unidades da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), com investimentos de R$ 929.627,20, e recebeu uma doação da empresa TryEdu, para que alunos possam ter acesso a um aplicativo que vai contribuir na avaliação do aprendizado.

"Como governador, desde que ganhei, fiz um compromisso de vida. Vamos investir fortemente na educação, em Goiás", garantiu Caiado ao fazer as primeiras entregas de equipamentos. "Chegamos à educação do século XXI. Sem dúvida, saímos de um quadro analógico para um momento mais sofisticado, mais moderno, atual e com o objetivo único de gerar conhecimento", asseverou o governador.

Caiado ainda fez questão de ressaltar que apenas o ensino oferece condições para ser um vencedor na vida e ter uma profissão. "Quando você tem uma boa educação, inevitavelmente, não tem obstáculo, não tem dificuldade, você vai vencer na vida. Acreditem. Não tem caminho fácil", declarou.

O governador fez questão de demonstrar as funções do Chromebook. "Vira um tablet, que facilita o acesso a tudo que precisarem para colocar o conhecimento em dia, em qualquer uma das matérias. Vai dar a vocês uma oportunidade ímpar de revisar o que já foi pedido em outros exames", explicou Caiado. "Este equipamento vai deixar todos mais preparados. É sinal de respeito que temos com os alunos e professores", destacou.

O vice-governador Lincoln Tejota afirmou que a atual gestão constrói uma educação diferente. "Você (aluno) pode ser o que quiser. Se quiser ser médico ou policial, vai ser, porque, no que depender do Estado, dos colégios, vamos dar as condições. Não será por falta de tênis, uniforme e material. E isso não é favor", sublinhou. Ele ainda conclamou para que os alunos e seus responsáveis cuidem dos equipamentos. "Tudo isso é porque o futuro de vocês importa. Precisamos fazer com que o melhor do Estado possa ser investido em vocês", garantiu Tejota.

As entregas contemplaram 400 alunos que integram a Coordenação Regional de Aparecida de Goiânia, que inclui ainda Aragoiânia, Bonfinópolis, Caldazinha, Senador Canedo e Hidrolândia. Estudantes do programa GoiásTec, em Silvânia e Rio Verde, também foram beneficiados. Todos irão assinar um termo de cessão de uso e levar os computadores para casa, onde poderão estudar e participar das aulas remotas.

A ação faz parte do plano de investimentos do Governo de Goiás, por meio da Seduc, que visa promover condições de igualdade a todos os estudantes de Goiás. Os Chromebooks são distribuídos para alunos que, neste ano, se preparam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e devem ser devolvidos ao final do ano letivo.

A secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, pontuou que o governador Ronaldo Caiado fez questão de realizar a entrega no Dia do Estudante. "Fazemos essa distribuição a todos os alunos do 3º ano do Ensino Médio, independente da modalidade", afirmou. Segundo a gestora, são equipamentos de última geração, inclusive com touch screeen, que é a tela sensível ao toque. "Tem tudo que precisam para estudar, pesquisar e aprimorar o trabalho", garantiu. Ela ainda pediu que todos zelem pelos equipamentos para que, ano que vem, outro estudante possa utilizar.

Ao todo, serão entregues 60 mil Chromebooks a todos os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual. O equipamento é similar ao notebook, porém com algumas diferenças, como a presença de aplicativos semelhantes aos de celular. Os alunos que não tiverem conectividade em casa para utilizar as funcionalidades do computador poderão utilizar a escola como ponto de apoio para baixar vídeos e atividades e atualizar os programas, e continuar os estudos de forma off-line em casa.

Beneficiada com um Chromebook, a estudante Amanda Beatriz, de 18 anos, aluna do Colégio Estadual Deputado Manoel Mendonça, em Hidrolândia, afirmou que até então contava apenas com um celular para ajudar nas aulas. "Tem muita gente que não tem condição de comprar. Vai ajudar bastante, será um incentivo. Vou conseguir pesquisar e estudar mais", destacou a jovem. "Agradecemos por todos os investimentos feitos no Estado de Goiás, principalmente na educação", afirmou a estudante do CEPMG Nader Alves Dos Santos, Isis Cavalcante.

Programa Conectar
Para garantir Internet de alta velocidade em todas as escolas estaduais, o Governo de Goiás lançou o programa Conectar, em maio deste ano, que destina às escolas estaduais, mensalmente, recursos proporcionais ao número de estudantes matriculados para a contratação de pacotes de Internet com velocidade suficiente para atender todos os seus alunos e professores.

Os valores variam entre R$ 233, para escolas com menos de 210 alunos, e R$ 300, para as escolas com mais de 1,7 mil estudantes. Na totalidade, o programa Conectar conta com investimento estadual de R$ 4,8 milhões.

Investimentos em obras
Na ocasião, o governador também inaugurou a reforma de quatro unidades da Seduc, em Aparecida de Goiânia e Aragoiânia. Ao todo, o Governo de Goiás investiu R$ 929.627,20 nas obras.

Em Aparecida de Goiânia, foram destinados R$ 230.999,99 ao Colégio Estadual Severina Maria de Jesus; R$ 233.265,22 ao Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Professora Alzira Alves de Queiroz; e R$ 217.858,37 à Coordenação Regional de Educação. Ainda foram repassados R$ 247.503,62 para o Colégio Estadual José Cândido Rosa, situado em Aragoiânia.

Os serviços realizados em todos os prédios consistem em reforma da copa, da cozinha, da central de gás, do estacionamento, dos banheiros, cobertura e forro, aperfeiçoamento das instalações elétricas, pintura, e adequação às normas de prevenção à incêndio e de acessibilidade.

Tecnologia
Durante o evento, a empresa TryEdu doou ao Estado 1.420 chaves de acesso ao aplicativo "Uma Aventura na Escola". A ferramenta é um game (jogo) que simula uma unidade escolar, engajando o aluno e fornecendo diagnósticos aos professores. Por meio dela, conforme o envolvimento do estudante, é possível avaliar o seu desenvolvimento fornecendo dados e insights para que os professores possam individualizar o aprendizado.  "Os vouchers são doados para que vocês estejam conectados. Estamos caminhando juntos para conseguir melhorar e alavancar a educação em Goiás", disse o representante da TryEdu, Thiago Viana.

Ainda a prefeita de Caldazinha, Solange Maria Gouveia; o vice-prefeito de Cachoeira Alta, Eduardo Corrêa; os coordenadores regionais Núbia Farias (Aparecida), Karen Proto (Rio Verde), Silvana Nascimento (Silvânia); e os assessores especiais da Governadoria, Paulo Magalhães e José de Sousa Cunha.


Iniciativa oferece aprendizagem profissional para jovens de 14 e 15 anos com remuneração de R$ 516 mais R$ 150 de vale-alimentação. Alunos terão acompanhamento escolar e psicológico, receberão orientação vocacional e aulas de reforço de português e matemática



O prazo para inscrições ao Programa Aprendiz do Futuro termina no próximo domingo (15) . O programa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) vai selecionar 5 mil jovens de 14 e 15 anos, com renda de familiar de até dois salários mínimos, para contratação de aprendizagem profissional em órgãos estaduais e cursos de qualificação técnica. "Vamos atender aos jovens que precisam de apoio e dar a possibilidade de um futuro melhor", afirmou o governador Ronaldo Caiado.

Os interessados devem ser alunos da rede pública ou bolsistas da rede particular. Estudantes com deficiência têm cota de 5% a 10% e não precisam obedecer ao critério da idade. Jovens de comunidades tradicionais (quilombolas, ciganas ou indígenas), vítimas de um ciclo familiar de violência doméstica ou remanescentes do sistema socioeducativo têm prioridade.

As vagas são para os 246 municípios goianos. Os alunos terão acompanhamento psicológico, receberão orientação vocacional e serão remunerados com R$ 516, vale-transporte, 13° salário, seguro de vida, uniforme, tablet com acesso à internet e vale-alimentação no valor de R$ 150.

Outro foco do programa é o desempenho escolar dos alunos, por isso eles receberão aulas de reforço em português e matemática, e terão o boletim do ensino regular acompanhado. No final do contrato, os dez jovens com melhor desempenho ganharão uma viagem de intercâmbio para Barcelona, na Espanha.

Para se inscrever, basta acessar o site do programa: https://aprendizdofuturo.org.br/


Como estímulo econômico, Governo de Goiás, por meio da Companhia, lança programa Rota Turística Comercial de Goiás, que prevê construções em quatro municípios e criação de 400 empregos diretos. Prefeituras interessadas podem se inscrever até 30 de agosto

Foto: Reinaldo Oliveira.

Para combater a retração econômica causada pela pandemia, o Governo de Goiás, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), lança o programa Rota Turística Comercial de Goiás, que prevê a construção de outlets em quatro cidades para estimular o comércio e fortalecer o mercado interno goiano.

A Codego investirá R$ 8 milhões nas construções, com a estimativa de criar 400 empregos diretos. Para a implementação do projeto, a Companhia abriu chamamento público para credenciar as Prefeituras interessadas. Os municípios têm até o dia 30 de agosto para se inscrever.

A intenção é unir em uma rota o turismo cultural e de lazer com o de negócios para agregar valor aos produtos fabricados pelos municípios goianos e criar um ambiente favorável para o crescimento. Por isso, a seleção ocorrerá dentro de um trabalho conjunto entre a Companhia e a Goiás Turismo, que levará em conta as cidades que tenham como vertente econômica a produção e a venda de bens de consumo.

Como explica o presidente da Codego, Renato de Castro, a instalação dos centros comerciais auxiliará na geração de postos de trabalho, na atração e criação de novos empreendimentos e setores econômicos, na arrecadação de impostos, redução do trabalho informal e na formalização das empresas. "Como determinou o governador Ronaldo Caiado, estamos ampliando nosso leque de possibilidades de negócios no Estado, inovando para gerar empregos. O projeto Rota Turística Comercial de Goiás tem como foco desenvolver as regiões em várias frentes, tornando os municípios mais atrativos para os investidores dos diversos segmentos e também para consumidores e turistas".

Técnicos da Companhia levaram em consideração, na preparação da proposta, estudos econômicos, como os da Fundação Getúlio Vargas (FGV), do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Banco Bradesco e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontam o comércio varejista como um dos principais segmentos responsáveis pela retomada econômica recente no País, muito em função do e-commerce, que também será incentivado e difundido entre os outlets em Goiás. Os levantamentos mostram, também, que a confiança do comércio e do consumidor voltaram a crescer a partir do mês de abril deste ano,  e que, de lá para cá, tem evoluído.

Critérios
Para a expansão comercial, o chamamento público levará em consideração alguns critérios, como: localização, potencial econômico e de regularização de empregos e empresas informais, além do efeito multiplicador do emprego.

A Codego investirá R$ 2 milhões na construção de cada um dos quatro outlets, totalizando R$ 8 milhões em aportes. E o prazo para a execução das obras, após a seleção das cidades, será de 18 meses.

Como contrapartida, os municípios deverão disponibilizar o terreno com no mínimo 3.000 metros quadrados para abrigar pelo menos 35 lojas, além do aporte de 5% do total investido pela Companhia e capacitação dos trabalhadores em plataformas de vendas on-line.

Quando estiverem em funcionamento, os empreendimentos serão administrados pelas Prefeituras, que serão responsáveis pela manutenção e instalação das empresas interessadas.

Desenvolvimento
O presidente da Codego, Renato de Castro, defende que as possibilidades que podem ser criadas pela Companhia são inúmeras e podem ir além dos distritos agroindustriais. Como consta no estatuto social da empresa pública, "a Companhia tem como objetivo social promover o desenvolvimento econômico, mediante o desempenho de atividades de fomento para incremento da economia, geração de emprego e renda e preservação do meio ambiente, com a contratação, execução e administração de projeto, obra, serviço ou empreendimento, em imóveis de sua propriedade ou de terceiros, que atendam ao objetivo de desenvolvimento do Estado".


Neste mês de agosto, foram disponibilizadas 10 turmas, totalizando 200 alunos


Fotos: Divulgação.

Nesta segunda-feira (9), o Departamento de Trânsito do Distrito Federal deu início a mais três turmas do curso teórico para obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dentro do Programa Habilitação Social.

Durante a abertura, o diretor-geral do Detran, Zélio Maia, parabenizou os jovens contemplados pela CNH Social e destacou que o objetivo principal do curso não é decorar placas e normas de trânsito, mas exercitar a cidadania, o respeito ao próximo e aprender a compartilhar as vias com os diversos modais de locomoção.

O diretor lembra ainda que o programa é custeado pela verba de multas. "Muitos já ouviram falar do Detran como órgão autuador, mas lançamos o projeto Multa Zero, pois o nosso intuito maior não é multar, mas educar os condutores, e a penalidade faz parte desse processo educativo para aqueles condutores que insistem em não cumprir as normas de segurança", explica Zélio.

Os candidatos tiveram ainda a oportunidade de conhecer um pouquinho a história do ciclista Afonso Ventania, que reforçou a orientação sobre a importância do compartilhamento das vias, de se manter uma distância segura ao ultrapassar o ciclista, entre outras dicas.

Neste mês de agosto, foram disponibilizadas 10 turmas, atendendo os turnos: matutino, vespertino e noturno. No próximo dia 14, iniciará uma turma intensiva com aulas o dia todo durante o fim de semana. E no dia 16 outras três turmas serão iniciadas, com previsão de encerramento no dia 27 de agosto.


Em reconhecimento aos esforços dos agentes envolvidos na captura do assassino Lázaro Barbosa, morto em 28 de junho, a vereadora Gabriela Rodart (DC) realizará uma sessão solene para condecorar com alta honraria os profissionais da segurança pública do estado de Goiás envolvidos na operação. A solenidade acontecerá nesta sexta-feira (13/08), no Plenário Trajano Guimarães da Câmara Municipal de Goiânia, a partir das 17 horas

Foto: Amanda Caixeta

Os homenageados receberão das mãos da vereadora o Diploma de Honra ao Mérito pelos serviços prestados. A diplomação será destinada aos integrantes de algumas das forças policiais que bravamente concluíram a missão de capturar Lázaro. Policiais militares, civis, técnico científicos, Casa Militar, ROTAM, Comando de Policiamento Especializado, Grupo Tático 3 da Polícia Civil e o Comando de Operações Divisa serão contemplados com a honraria.

O Corpo de Bombeiros Militar, as tropas do Comando de Missões Especiais: Choque, Canil, Cavalaria, Bope, Graer, entre outros, também serão saudados, assim que alteradas as regras que dispõem sobre o limite máximo de pessoas permitidas no Plenário da Câmara Municipal de Goiânia.

Na ocasião, representando a equipe da Casa Militar, o Capitão Bruno César da Silva Alvim será galardoado com a Medalha Francisco Januário Gama Cerqueira. A posteriori também serão contemplados com a honraria os demais membros da corporação.

"Policiais possuem o nobre dever moral de proteger a sociedade. Fico muito feliz em ver que em Goiás nós temos profissionais tão comprometidos. Profissionais que arriscam suas próprias vidas para proteger as nossas. É um privilégio prestar homenagem a quem merece honra", afirmou a parlamentar autora da comemoração.

A solenidade será transmitida ao vivo através do canal oficial da Câmara Municipal de Goiânia no YouTube.

Família pisou em território brasileiro em busca de um tratamento de saúde para a mulher, que sofria de câncer

Na foto Hector com os filhos Jhayder e Josue - Um de 7 outro de 9 anos. (Foto Josiele Oliveira)

A esperança de um tratamento de saúde adequado fez com que Hector Erevalo e sua esposa Lucimar, que estava com câncer, viessem da Venezuela morar no Brasil juntamente com os dois filhos, Jhayder e Josue. 


Em meio à crise enfrentada pelo país vizinho e escassez de alimentos, remédios, entre outros, a família chegou em Boa Vista, capital de Roraima.


O patriarca da família, Hector, relembra que foram momentos de muita tristeza. "Tive uma dificuldade com a minha esposa. Minha chegada em Boa Vista foi com propósito de conseguir um melhor tratamento para ela que tinha câncer", frisa. 


Na Venezuela a família não tinha condições nem sequer de comprar seus medicamentos. Durante o período, eles moraram no abrigo do RONDON 3. "Se passaram três meses de tratamento e infelizmente minha esposa morreu no ano de 2019", lamenta. 

Lucimar tinha 25 anos quando faleceu. (Foto: Arquivo Pessoal)

No meio deste período sombrio, Hector conheceu a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA). 


Durante oito meses foi voluntário ajudando em projetos assistenciais e foi ali que ele conseguiu ressignificar algumas coisas em sua vida e ganhar força para continuar criando dois filhos sozinho. 


Após esse período como voluntário, o venezuelano passou a integrar a equipe efetiva de funcionários da Agência. 


"Meu sustento vem por meio do meu trabalho na ADRA. Sou grato por esse emprego, pois posso dar uma melhor qualidade de vida para meus filhos", salienta. 


O pai dos meninos conta com a ajuda de uma babá durante um dos turnos. Porém, todos os dias é um novo desafio ter que desempenhar os dois papeis na criação dos pequenos. 


"Graças a Deus meus filhos estão bem. Devido à idade eles não compreendem muito, mas sentem muita falta da mãe. Me fazem perguntas, aos poucos eles vão compreendendo", explica. 


Quando o venezuelano chega do trabalho e vê o sorriso dos seus filhos, o amor que eles têm por ele o move. 


"Essa é a minha maior felicidade. Chegar em casa e ver que eles estão bem. Ouvir que eles estavam com saudades minhas. E o que eu mais quero é que eles tenham estabilidade, estudem e sejam felizes", conclui emocionado. 


Projetos 


A ADRA Brasil tem prestado auxílio a milhares de refugiados. Em Roraima, por meio do projeto Refeições Quentes, cerca de 2 mil pessoas são beneficiadas por meio de um prato de alimento quente, de domingo a quinta-feira, em diferentes locais.


É o caso da Rodoviária de Boa Vista, por exemplo, e em abrigos onde vivem pessoas em situação de rua e indocumentadas, uma vez que elas acabam não tendo acesso a emprego e moradia para produzir seu próprio sustento. 


ADRA Brasil 


A ADRA é a Agência Humanitária da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Está presente em mais de 118 países. 


Além de atender emergências, a Agência tem projetos contínuos de desenvolvimento humano dentro de nove grandes áreas: Água, saneamento e higiene, Saúde comunitária, Crianças em situação de vulnerabilidade, Resposta e gestão de emergências, Nutrição e redução da fome, Geração de emprego e renda, Promoção da justiça social e garantia de direitos Igualdade entre sexos e valorização da mulher.


Para conhecer mais acesse: www.adra.org.br

Boazinhas