Articles by "mundial"
Mostrando postagens com marcador mundial. Mostrar todas as postagens


Via Liberdade, que envolve os estados de MG, RJ e GO e o DF, será lançada nesta sexta-feira e vai percorrer os 1.179 km da BR-040, incentivando visitação pelas cidades históricas e patrimônios culturais, do Rio a Brasília

Dirigentes de Turismo do Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás assinarão, nesta sexta-feira (29), um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para a construção da rota Via Liberdade. A parceria propõe estruturar uma nova rota turística e cultural, interligando as belezas históricas, culturais e artísticas entre os três estados e o DF. A cerimônia de assinatura vai acontecer às 19h30, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG). Em seguida, haverá show com o artista Diogo Nogueira.

O projeto busca as oportunidades turísticas contidas no percurso de 1.179 quilômetros da BR-040 por meio de ações e programas estratégicos, que incluem patrimônios da humanidade, paisagens entre montanhas e mar, cidades imperiais, natureza exuberante, horizontes, capitais, metrópoles, comidas típicas, tradições, sertão, arte e contemporaneidade.

Dentre as ações propostas, estão a realização de encontros direcionados a pesquisadores, artistas e especialistas com temas relacionados aos marcos da história do Brasil; a celebração do bicentenário da Independência do Brasil; a promoção de destinos estratégicos do projeto; seminários sobre patrimônio e turismo; atividades de marketing de destino como apoio à comercialização dos territórios envolvidos junto a agências e operadoras; a utilização de portais do turismo e redes sociais para potencializar o turismo virtual; participação em feiras e eventos nacionais e internacionais e parcerias estratégicas com setor público, privado e entidades representativas do turismo.

Para a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, tudo isto estará devidamente demarcado para guiar o visitante a uma viagem ainda pouco explorada pelo turismo nesta parte do território brasileiro. "Essa rota coincide com o marco do bicentenário da independência do Brasil, que vamos celebrar em 2022. E aí ela ganha um contorno ainda mais representativo, pois perpassa os caminhos de Tiradentes, dos desbravadores bandeirantes, dos tropeiros, de dom Pedro e mais tarde de Juscelino Kubitschek, até chegarmos a Brasília. São três séculos de história," ressalta Vanessa Mendonça.


Os atendimentos serão retomados normalmente na próxima quarta-feira (03). Os cidadãos que desejarem realizar algum dos serviços disponíveis no programa Vapt Vupt devem agendar horário no portal vaptvupt.go.gov.br ou pelo site expresso.go.gov.br



As unidades do Vapt Vupt localizadas em todo o Estado estarão fechadas tanto na segunda-feira (1°) quanto na terça (02). No dia 1º, a suspensão dos serviços ocorre em razão da transferência do Dia do Servidor Público, celebrado em 28 de outubro, para a data. No feriado de finados, dia 02/11, o funcionamento das agências também estará suspenso.

Em Goiânia e Aparecida de Goiânia, as unidades terão expediente normal até este sábado (30). Já nas agências localizadas no interior do Estado, o funcionamento segue normal até esta sexta-feira (29/10). Confira o horário de abertura e fechamento de cada unidade do Vapt Vupt acessando o site: vaptvupt.go.gov.br/unidades.

Os atendimentos serão retomados normalmente na próxima quarta-feira (03). Os cidadãos que desejarem realizar algum dos serviços disponíveis no programa Vapt Vupt devem agendar horário no portal vaptvupt.go.gov.br ou pelo site expresso.go.gov.br.

O Governo de Goiás atende às demandas do município conhecido como o paraíso das águas termais. Foram entregues na cidade novo asfalto, equipamento para 60 caratecas e computadores para alunos da rede pública. Caiado abriu ainda competição em complexo turístico com 400 atletas


O governador Ronaldo Caiado, em Rio Quente, na sexta-feira (29/10), durante entrega de Chromebooks para estudantes do 3º ano do Ensino Médio. (Foto: André Saddi)

O governador Ronaldo Caiado iniciou o fim de semana em Rio Quente, no Sul do estado. Neste sábado (30/10), abriu oficialmente a terceira etapa do Circuito Mikasa de Futevôlei, uma realização do Governo de Goiás e da prefeitura do município. Na sexta-feira (29/10), na Praça dos Ipês, inaugurou a reconstrução asfáltica da GO-507 que faz ligação entre a GO-213 e a GO-443. Também entregou quimonos para jovens do Projeto Construindo Campeões e Chromebooks a estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede pública estadual.

O primeiro compromisso em Rio Quente foi a entrega da recuperação da GO-507. A obra contou com cobertura em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) em 14 quilômetros da via, até o entroncamento com a GO-213, além de sinalização horizontal e vertical. O investimento total do Estado foi de R$ 5.379.985,66, dos quais R$ 162.976,12 foram destinados exclusivamente para sinalização.

Caiado comemorou as entregas feitas pelo Estado e ressaltou a qualidade dos empreendimentos, a exemplo do que foi feito na GO-507. "É uma estrada de qualidade, toda sinalizada, dá gosto trafegar por ela. E como aqui, várias outras cidades são beneficiadas. Estamos trabalhando, estendendo as mãos aos prefeitos", asseverou. E fez outro anúncio para o Rio Quente relacionado ao Programa Goiás em Movimento – Eixo Municípios: "Estamos fazendo a recuperação de vias dentro das cidades. Já autorizei R$ 1 milhão para recuperação e sinalização de ruas e avenidas de Rio Quente", garantiu.

A prefeita de Rio Quente, Ana Paula Oliveira, agradeceu a ida do governador até o município e a atenção com as melhorias que beneficiam o Estado, uma vez que o município é turístico e traz divisas para todos. "O senhor tem feito a diferença na cidade. Deu o pontapé nessa administração, trazendo o asfalto e o recapeamento tão sonhado, que chegam até a população", afirmou.

O ex-deputado Daniel Vilela disse que o governador Ronaldo Caiado tem sido um grande parceiro ao longo de mandato para todas as prefeituras e pontuou que a obra entregue contribui com o desenvolvimento de Rio Quente. "Por meio dessa recuperação da rodovia, uma das mais importantes, se chega até o centro da cidade. E pode ter certeza que outros programas e benefícios vão chegar", garantiu.

Educação e Esporte

Durante a solenidade, Caiado entregou 60 quimonos para jovens do projeto Construindo Campeões, que segue com abertura de núcleos por municípios goianos e acumulando medalhas em competições da modalidade. Em Rio Quente, uma turma foi aberta neste semestre.

Criado em 2019, o Construindo Campeões oferece aulas de karatê e judô para crianças e adolescentes de Goiânia, e karatê no interior do Estado. Atualmente atende mais de 3 mil alunos e está presente em 32 municípios. "Estamos garantindo que o esporte seja um complemento importante na vida dos jovens do Estado", disse o governador.

De acordo com o secretário estadual de Esporte e Lazer, Henderson de Paula Rodrigues, as entregas do governo estadual mostram investimento no ser humano. "Quando você vê materiais e equipamentos sendo adquiridos é porque se tem pessoas sérias enxergando o momento de investir no ser humano, na base. O Construindo Campeões, idealizado pelo governador Ronaldo Caiado, tem essa característica de desenvolver a mente e a disciplina, tirando as pessoas da vulnerabilidade, dos maus-tratos da sociedade", salientou.

No final do mês de agosto, cerca de 200 alunos do projeto participaram do Open Nacional de Karatê, que foi realizado em Brasília. Atletas de três municípios da região do Entorno do Distrito Federal conquistaram 112 medalhas na competição, sendo 32 de ouro, 27 de prata e 53 de bronze. Neste mês de outubro, os alunos do Construindo Campeões conquistaram a melhor colocação no ranking geral de pontuação da 2ª etapa do Campeonato Goiano de Karatê, disputado em Goiânia.

Também foram entregues 35 computadores Chromebooks para estudantes da 3° série do Ensino Médio. Em todo o Estado, o Governo de Goiás investiu R$ 144 milhões na aquisição dos equipamentos, que serão distribuídas a todos os 60 mil alunos do último ano. "Acreditem nesse equipamento. Ele não é para brincar, é para estudar. O WhatsApp vocês deixam de lado", destacou o governador ao repassar os computadores.

Segundo Caiado, a aquisição dos Chromebooks faz parte da estratégia do governo de, até o final da atual gestão, transformar o ensino público de Goiás no melhor do Brasil. "Seremos referência para que os alunos de instituições particulares queiram ter espaço na escola pública. Nossos alunos vão ter condição de competir no vestibular em qualquer lugar desse país", afirmou. "Só tem uma ferramenta capaz de superar e extinguir situações de carência, de vulnerabilidade e pobreza: a educação. Quem acredita nisso será vencedor", completou.

Ao avaliar as entregas, o deputado estadual Virmondes Cruvinel disse que o desejo da população é mais ação e menos discurso. "Temos um governador forte. Com o Caiado não tem blá-blá-blá. Com transparência, ele garante melhorias em todos os municípios do Estado", frisou. "Temos um governador que honra os goianos e investe na educação", disse.

Circuito Mikasa de Futevôlei

Com 400 atletas, entre iniciantes, amadores e profissionais, o Circuito Mikasa de Futevôlei, aberto oficialmente neste sábado, tem disputas nas categorias masculina e feminina. "É um evento de padrão internacional", enfatizou Caiado, que foi escolhido para dar o chute inicial do circuito. Ele ainda celebrou que o avanço da vacinação contra a Covid-19 propicie a retomada de eventos. "Voltam o esporte, as grandes atrações, as grandes competições", afirmou.

Nomes como os ex-jogadores de futebol Djalminha e Michel Bastos, com passagens pela seleção brasileira, o youtuber Fred e o comediante Renato Albani estão confirmados na etapa de Rio Quente, que conta com a presença de público, atendendo aos protocolos de biossegurança em combate à Covid-19. O ingresso solidário para acompanhar a disputa é um quilo de alimento não perecível. A competição ocorre até terça-feira (02/11) no complexo turístico Rio Quente Resorts. Durante a passagem pelo município, Caiado vistoriou a estrutura do local, no bairro Esplanada.

Ronaldo Ferreira, um dos organizadores da competição, revelou que as partidas de futevôlei serão transmitidas para o Japão e outros países, por meio de streaming. "O objetivo é que o futevôlei cresça, se profissionalize e se torne um esporte olímpico", explicou ao agradecer o apoio de Caiado e outras autoridades. "Eventos é que movem o turismo no mundo. Temos de investir em turismo, e Goiás tem um potencial gigantesco", complementou a prefeita de Rio Quente, Ana Paula Lima.

Também acompanharam as agendas em Rio Quente o vice-prefeito de Rio Quente, Márcio Pazzelli; o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Quente, Wellington Antônio; o secretário de Estado da Retomada, César Moura; os deputados federais Flávia Morais e Glaustin da Fokus; o chefe de gabinete da vice-governadoria, Luis Sampaio, representante do vice-governador Lincoln Tejota; o assessor especial da Governadoria, Rogério Troncoso; os representantes da Mikasa Brasil, Giba Diniz e Deco Pestana; a juíza de direito, Vaneska Silva Baruki; a coordenadora regional de Educação, Walkyria Helena Romano; o vereador pelo município Galdino Montes; os prefeitos Kléber Marra (Caldas Novas), José Carlos (Água Limpa), André de Sousa Chaves (Buriti Alegre), Sebastião Rodrigues (Corumbaíba) e Solimar Cardoso De Souza (Marzagão); os ex-prefeitos Rivalino Oliveira (Rio Quente) e José Novato (Morrinhos), Cleomar Sousa (Mazargão) a primeira-dama de Caldas Novas, Márcia Marra; o vice-prefeito de Caldas Novas, Sílio Junqueira de Morais; o CEO do grupo Aviva, Alessandro Cunha, e o gerente de Relações Institucionais do grupo Aviva, Munir Calaça; o comandantes coronel Durvalino Câmara (19º Comando Regional da Polícia Militar) e tenente coronel Marcos Abrahão Monteiro (7º Comando Regional Bombeiro Militar).


A cobrança desses impostos, em 2022, será nos mesmos moldes e com as mesmas alíquotas dos anos anteriores



O Governo do Distrito Federal enviará para a Câmara Legislativa nesta semana os projetos de lei que estabelecem os valores do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2022.

Para o IPTU, permanecem as alíquotas de 0,3% para imóveis residenciais, de 1% para imóveis comerciais e 3% para lotes vazios

O GDF também prepara medidas para que os contribuintes possam pagar os impostos em mais parcelas e com mais desconto. O IPTU e o IPVA de 2022 poderão ser parcelados em até seis vezes. Para quem optar pelo pagamento à vista, o desconto será de 10% – e não de 5%.

"Nos dedicamos a estudar as possibilidades e viabilizaremos esses benefícios aos contribuintes como forma de compensar a pressão inflacionária sobre os preços e também de melhorar as condições de pagamento, levando em conta o contexto da pandemia", anuncia o secretário de Economia, André Clemente.

A cobrança do IPTU e do IPVA em 2022 se dará nos mesmos moldes e com as mesmas alíquotas dos anos anteriores.

As mesmas alíquotas serão mantidas para o IPVA em 2022: 3% para automóveis, 2% para motocicletas e 1% para caminhões e micro-ônibus

A base de cálculo, que é o valor do imóvel considerado para calcular o IPTU, será corrigida pela variação do INPC medida entre os meses de setembro de 2020 e agosto de 2021. Trata-se de um ajuste de atualização monetária, conforme está previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Já a base de cálculo do IPVA, que é o valor de mercado do veículo apurado em pesquisa realizada pela FIPE especialmente para o DF, contratada pela Secretaria de Economia para isso, leva em conta a variação do valor venal entre 2021 e 2022.

Alíquotas

Para o IPTU, permanecem as alíquotas de 0,3% para imóveis residenciais, de 1% para imóveis comerciais e 3% para lotes vazios.

O IPVA em 2022 também será cobrado com as mesmas alíquotas de 2021. É importante lembrar que, em 2020, o GDF reduziu as alíquotas do imposto em 0,5%. As mesmas alíquotas serão mantidas para 2022: 3% para automóveis, 2% para motocicletas e 1% para caminhões e micro-ônibus.

* Com informações da Secretaria de Economia
Candidata se reuniu com representantes da Copev



Thais Riedel, candidata à presidência da OAB-DF nas eleições que serão realizadas em dia 21 de novembro, se reuniu com a diretoria do Conselho de Pastores Evangélicos do Distrito Federal (COPEV-DF), no Arena Hall, em Vicente Pires, onde foi recebida pelo Presidente do Conselho, o pastor Josimar Francisco, pelo coordenador-geral da entidade, pastor Chancerley Santana e pelos presidentes dos conselhos das 25 Regiões Administrativas do DF. Thais integra o Movimento Respeito é a Ordem, chapa 61.

Na oportunidade, o Pr. Chancerley falou da importância do segmento Evangélico no DF, da liberdade de culto, e do reconhecido trabalho social que as igrejas desenvolvem em várias localidades da capital.






Thais se comprometeu a apoiar as causas da Copev e conclamou todos os advogados evangélicos a se unirem a ela nesta luta.




Chef Ana Paula Buscher, de São Paulo, já participou de formações do Consulado da Mulher
Crédito: Divulgação Consulado da Mulher

Iniciativa vai capacitar 100 empreendedoras do ramo alimentício e ainda oferecer 10 vagas de mentoria com profissionais da indústria de alimentos saudáveis para as as participantes de melhor desempenho 

Em parceria com a Jasmine Alimentos, o Instituto Consulado da Mulher, ação social da Consul, uma das marcas de eletrodomésticos mais presentes nos lares brasileiros, inicia nesta segunda-feira (25 de Outubro) inscrições para o curso ELAS EMPREENDEM - Gestão de Pequenos Negócios. A iniciativa oferece qualificação profissional gratuita à distância para empreendedoras do ramo de alimentos, com o intuito de impulsionar pequenos negócios. Serão abertas 100 vagas e as inscrições podem ser feitas pelo link (https://forms.gle/N7ATegomHVZCY55J7) até dia 2 de Novembro.

O projeto disponibiliza mais de 70 aulas gravadas e oito aulas ao vivo, todas ministradas por educadores do Instituto, com conteúdos de linguagem direta, acessível, dinâmica, motivacional e foco em empreendedorismo, plano de negócios, concepção de negócio, gestão e impactos na vida das pessoas. Além disso, as 10 empreendedoras com melhor desempenho receberão, durante 3 meses, kits com produtos da Jasmine, uma doação no valor de R$2.000 para investirem em seus estabelecimentos e seis semanas de mentoria com profissionais da indústria de alimentos saudáveis, para reforçarem os aprendizados de gestão na prática do dia a dia. 

“Junto com a Jasmine, queremos fazer a diferença na vida dessas 100 empreendedoras. É inspirador acompanhar e ver de perto o poder de transformação que a capacitação profissional proporciona para as mulheres. Ao final da formação elas adquirem uma bagagem de aprendizado muito sólida, se sentem preparadas para impulsionar seu próprio negócio e conquistar independência financeira. Para nós, é gratificante fazer parte dessa transformação.”, afirma Leda Böger, diretora do Consulado da Mulher.

Para a diretora de Marketing da Jasmine Alimentos, Thelma Bayoud, essa parceria já é um sucesso, antes mesmo do início do curso. "É muito gratificante para a Jasmine fazer parte de um projeto sério e comprometido como este e termos a chance de compartilhar o nosso conhecimento para ajudar pessoas que querem mudar a realidade por meio do empreendedorismo. Esse tipo de iniciativa gera impacto positivo não apenas na família das participantes do curso, mas nas comunidades onde elas vivem. Pois, a partir dessa capacitação, temos certeza que elas irão inspirar outras mulheres também", destaca Thelma. 

Sobre o Instituto Consulado da Mulher  

O Instituto Consulado da Mulher é a Consul transformando  sonhos em realidade. Incentivamos e viabilizamos geração de renda para melhorar a qualidade de vida das pessoas, investindo no empreendedorismo feminino. Apoiamos  mulheres, que fazem de conquistas pessoais transformações em cadeia, conseguem impactar as suas comunidades e não deixam ninguém de fora dessa história. Em nossos 19 anos de atuação, são mais de 36 mil pessoas beneficiadas e  só no ano de 2020 foram 1147 pessoas beneficiadas diretamente. A gente faz história! Outras informações: www.consuladodamulher.org.br.

Sobre a Consul

Há mais de 60 anos no mercado brasileiro, a Consul é pioneira no desenvolvimento de soluções bem pensadas e criativas no segmento de eletrodomésticos. É parte da Whirlpool Latin America, empresa líder no setor de eletrodomésticos e da Whirlpool Corporation, maior fabricante de eletrodomésticos do mundo. Mais sobre a Consul em: www.consul.com.br.

Sobre a Jasmine Alimentos

A Jasmine Alimentos é uma empresa referência em alimentação saudável. Com produtos categorizados em orgânicos, zero açúcar, integrais e sem glúten, a marca visa atingir o público que busca alimentos saudáveis de verdade e qualidade de vida. A operação da Jasmine começou de forma artesanal há 30 anos, no Paraná. A Jasmine está consolidada em todo Brasil e ampliando sua atuação para a América Latina. Desde 2014, a marca pertence ao grupo francês Nutrition et Santé, detentor de outras marcas líderes no segmento saudável na Europa. Mais informações: www.jasminealimentos.com.   

 

Le Rêve será entregue em novembro
Crédito: Divulgação

A Gleba Palhano entra em um novo patamar com edifícios de alto padrão, como o Le Rêve, da A.Yoshii; construtora anuncia grandes investimentos para 2022

Um novo horizonte se desenha na Gleba Palhano, região mais valorizada e charmosa de Londrina (PR), com uma nova geração de empreendimentos residenciais de alto padrão, com metragens generosas, diferenciais exclusivos e projetos inovadores para atender a um público exigente. 

Líder nesse segmento de mercado, a A.Yoshii, além de acompanhar a evolução do mercado imobiliário ao longo de cinco décadas, tem sido a precursora de muitas das tendências do setor. A construtora, que já tem empreendimentos emblemáticos de Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas, vai “iluminar esse novo momento" com a entrega do Le Rêve, edifício de alto padrão na melhor localização da rua João Wyclif.

O projeto arquitetônico se destaca pelas grandes abas horizontais que dão unidade às fachadas assimétricas e que conferem ao projeto um conceito contemporâneo e original. Na área privativa, a planta de 323 metros quadrados possibilitou a cada morador personalizar seus espaços, dentro do conceito de casas verticais.

Para celebrar essa conquista junto aos novos moradores, um espetáculo de luzes ao longo dos 28 pavimentos irá colorir a Gleba Palhano no mês de novembro. “A entrega de um projeto inovador e grandioso como o Le Rêve precisa ser memorável. O empreendimento é um marco no mercado de luxo de Londrina, representando o padrão de excelência da nossa marca em cada detalhe”, destaca o CEO do Grupo A.Yoshii, Leonardo Yoshii. 

 

Novos lançamentos

Para 2022, a construtora anuncia um lançamento surpreendente, a exemplo do que ocorreu em 2011, quando a construtora lançou o Maison Heritage, também na Gleba Palhano. 

Segundo Leonardo Yoshii, a exclusividade alinhada ao que há de mais inovador dará o tom para o novo empreendimento do Grupo. No alto da rua Ernâni de Lacerda de Athayde, em um terreno nobre e único, o edifício contará com apartamentos com área privativa de 380 metros quadrados e quatro suítes, num projeto arquitetônico icônico e com o padrão de qualidade reconhecido da A.Yoshii.

A evolução desse nicho de mercado deve-se à mudança de comportamento das famílias, que passaram a valorizar ainda mais o "morar bem", e também ao novo sentido que as residências ganharam nos últimos meses. Movidos pelas novas experiências, os brasileiros têm buscado imóveis cada vez mais alinhados ao conceito de “luxo”, definido como algo personalizado, intuitivo e sensorial. 

“Esse empreendimento de alto padrão, em uma localização incrível, será um ícone para a cidade. Todos ficarão surpresos com o que estamos preparando, pois iremos inovar em muitos aspectos, principalmente em relação ao novo jeito de morar das famílias. É um projeto que vai revolucionar o mercado de luxo de Londrina”, finaliza Leonardo. 

 

Sobre a A.Yoshii

Desde 1965, a A.Yoshii atua na construção e incorporação de imóveis residenciais e comerciais de alto padrão. Localizados nos bairros nobres de Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas, os empreendimentos se tornaram cartões postais dessas cidades. Com pontualidade na entrega e excelente padrão de acabamento, a construtora executa suas obras com excelência e inovação, priorizando as demandas do mercado, os anseios dos compradores, a segurança do trabalhador e a conservação ambiental. Mais informações: www.ayoshii.com.br.

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.

 

Solar Di Ravello está em fase de vendas para breve início da construção e será contemplado no Programa Casa Fácil
Crédito: R.R. Rufino/ Divulgação

Programa Casa Fácil prevê subsídio de R$ 15 mil na entrada da casa própria para famílias com renda de até três salários mínimos

Desde o dia 18 de outubro, famílias de Londrina e Maringá com cadastro validado na Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) começam a ser beneficiadas pela nova modalidade do programa habitacional Casa Fácil Paraná. O programa prevê subsídio de R$ 15 mil para que a família possa dar a entrada em imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal (CEF). A previsão é que 30 mil famílias sejam beneficiadas em todo o estado. Ao todo, serão disponibilizados R$ 450 milhões para facilitar a aquisição da casa própria para famílias que recebem até três salários mínimos. O Paraná possui, atualmente, a maior parceria vigente em habitação com a União. Em mais de 30 anos, o Programa Casa Fácil já atendeu mais de 180 mil famílias com a construção de cerca de 10 milhões de metros quadrados.

Dentre os lançamentos contemplados pelo programa federal Casa Verde e Amarela (PCVA), e que se encaixam no Casa Fácil Paraná, estão os empreendimentos Solar di Ravello (Londrina) e Solar das Laranjeiras (Maringá) - ambos da construtora Yticon, do Grupo A.Yoshii. “Essa nova modalidade significa que, além do subsídio do CVA (que pode chegar até R$ 23 mil), as famílias do Paraná poderão acumular um crédito de mais R$ 15 mil. Ou seja, é uma ajuda extra para a compra da casa própria”, explica a coordenadora de financiamentos PF da A.Yoshii, Luciana Hoffmann.

Para ter acesso ao voucher, é necessário que a pessoa entre no site da Cohapar com o cadastro já validado pela Secretaria de Habitação do município e escolha o empreendimento que pretende comprar. “Neste mesmo site, é possível fazer a emissão do documento que deve ser levado ao corretor de imóveis da construtora para dar início ao processo de aquisição. O crédito será enviado pela CEF, que também será o agente de financiamento do imóvel”, detalha. Nessa modalidade, os imóveis custam a partir de R$ 141,5 mil, no caso do Solar di Ravello, e R$ 160,5 mil, no Solar das Laranjeiras.

O chamamento público para empresas interessadas em participar do programa estadual com empreendimentos foi aberto em julho deste ano e, segundo a coordenadora, a Yticon aderiu de imediato à parceria. “Além dos dois empreendimentos já disponíveis, a construtora está em fase de habilitação de mais um empreendimento lançado recentemente este ano e já em processo de vendas”, diz ela, referindo-se a outra obra em Maringá. Juntos, os dois empreendimentos já habilitados vão oferecer 180 unidades, especificamente, aos contemplados pela Cohapar, cujas unidades também já haviam sido reservadas aos beneficiados pelo governo federal que, recentemente, aumentou o teto do limite do valor do imóvel e baixou as taxas de juros de financiamento para o PCVA.

Deficit habitacional

Segundo informações do Plano Estadual de Habitação de Interesse Social (PEHIS), realizado pela Cohapar e prefeituras do Paraná, o deficit habitacional do estado circula na faixa de 320 mil imóveis, e a quantidade de imóveis disponibilizados pelo programa Casa Fácil representa apenas 10% do deficit habitacional no estado. Cerca de 90% das famílias que integram esse levantamento têm renda de até três salários mínimos. Para Hoffmann, o auxílio vai atuar diretamente na redução desse deficit, uma das premissas da construtora. “Em todos esses anos, atendendo no segmento de programas de habitação, percebemos que, além da dificuldade em conseguir financiamento imobiliário, muitas famílias não conseguem o valor da entrada do imóvel. Com esse voucher, a entrada fica assegurada e as mensalidades do financiamento equiparadas a um valor de aluguel”, completa.

Investimentos e geração de empregos

Além do investimento direto na habitação, o programa Casa Fácil Paraná vai refletir na geração de empregos e investimentos na construção civil. A estimativa do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon-PR) é de uma demanda de 100 mil empregos diretos já no próximo ano, cujo setor tem potencial de movimentar até R$ 3 bilhões em novos investimentos. Somente a Yticon prevê investir R$ 300 milhões na cidade de Maringá nos próximos dois anos e gerar mais de mil empregos durante as obras de expansão da incorporadora, sobretudo nos empreendimentos voltados aos programas habitacionais.

Estrutura dos imóveis

O Solar di Ravello terá 15 torres (térreo mais três andares) de apartamentos com dois quartos, sala de jantar, sala de estar, cozinha e área de serviço integradas, num total de 44 metros quadrados de área privativa. Já o Solar das Laranjeiras será composto por cinco torres com elevador, duas opções de plantas de 45 metros quadrados, com dois quartos e sala com sacada. Ambos possuem extensa área de lazer, onde os moradores poderão usufruir de ambientes como piscinas adulto e infantil, playground, quadra esportiva e churrasqueiras. Os projetos dos dois empreendimentos foram idealizados sob o conceito de economia compartilhada, com uso coletivo de bicicletas, ferramentas e kits de materiais esportivos. As obras serão concluídas em fevereiro e julho de 2023, respectivamente.

 

Sobre a Yticon Construção e Incorporação

A Yticon é uma construtora e incorporadora que atua há mais de dez anos nas cidades de Londrina, Maringá e Cambé, no Paraná, e Presidente Prudente, em São Paulo. A empresa do Grupo A.Yoshii desenvolve empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização, especialmente para quem quer conquistar o primeiro imóvel. A Yticon já construiu mais de 5,5 mil unidades, com 22 obras concluídas e todas entregues rigorosamente no prazo, somando mais de 550 mil metros quadrados de área construída. Mais informações: www.yticon.com.br.

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de metros quadrados do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br. 



Na programação, o DJ Marlon e drinks temáticos.

Pra quem estava com saudades de comemorar um bom Halloween, a festa anual do Espaço 365 está de volta! Mais assustadora que nunca e cheia de novidades, a comemoração, que vai acontecer dia 29 no próprio coworking, conta com boa música, doces, travessuras e muito mais.

A partir das 18h, os clientes poderão se deliciar com drinks para lá de temáticos, vários snacks gostosos e macabros e se jogar nas guloseimas à vontade. A decoração está de arrasar. E se você vier fantasiado, o shot é garantido.

E claro que uma festa boa não pode faltar aquele som de qualidade. Pra isso, o DJ Marlon estará conosco, garantindo que você e seus amigos dancem muito, curtam muito e claro, façam muito networking e travessuras.

Os ingressos custam a partir de R$ 22,50 e podem ser adquiridos pelo Sympla.

Halloween 365

Quando? 29 de outubro.

Onde? Espaço 365, SHCGN CLR 705 - BLOCO E Loja 8 - Asa Norte

Horário? A partir das 18h

Ingresso? R$ 22,50 



Governador Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit; um dos objetivos é apresentar polo de inovação da Biotic a investidores


"Além de fomentar a economia, um evento desse porte nos dá visibilidade para que muitas empresas reconheçam o potencial da nossa capital e invistam aqui, gerando emprego e, consequentemente, mais renda" comentou Ibaneis Rocha, governador do DF.

O Governo do Distrito Federal (GDF) negocia a realização em Brasília do maior evento de tecnologia e inovação do mundo. A Web Summit ocorre no próximo mês em Lisboa, Portugal, para onde o governador Ibaneis Rocha viaja, dando prosseguimento às tratativas de sediar a conferência por pelo menos cinco anos no Brasil a partir de 2023.

Detentora do Parque Tecnológico de Brasília (Biotic), a capital do país disputa com o Rio de Janeiro e Porto Alegre a quarta sede mundial da conferência, que já passou por Toronto, no Canadá, e Hong Kong, na China, além da capital portuguesa. Após o encontro com o governo do DF em Lisboa, os diretores do evento virão à cidade conhecer as possíveis instalações para realização do evento.

Além da rede hoteleira centralizada, com acomodações de quatro e cinco estrelas, a segurança qualificada e o hub aeroportuário do Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek colocam Brasília no páreo para sediar um evento mundial. Cidades com planejamento e alto índice de qualidade de vida, inclusive, são as com maior potencial de desenvolvimento de indústrias tecnológicas, geradoras de emprego e ambientalmente menos poluentes.

"A nossa visita não tem o propósito de apenas trazer uma conferência dessa magnitude para Brasília – o que já seria muita coisa -, mas também apresentar todo o potencial do nosso parque tecnológico, gerando investimentos de grande porte em nossas fábricas da Biotic", afirma o governador Ibaneis Rocha.

7,6 mil postos de trabalho devem ser gerados pelo Parque Tecnológico de Brasília (Biotic)

Impacto econômico milionário
A edição deste ano em Portugal espera reunir, em três dias de novembro, pelo menos 40 mil visitantes, entre especialistas em tecnologia e investidores. CEOs, ou diretores executivos, de grandes startups como Waze, Uber e Stripe marcam presença por lá. Uma parte significativa do sucesso da Web Summit deve-se ao impacto econômico do evento em Portugal – tornando-se o maior do país, superando os musicais e desportivos.

Em 2017, o governo português estimou um movimento anual superior a € 300 milhões (o equivalente a R$ 1,977 bilhão). Muitos parceiros da conferência, inclusive, decidiram estabelecer operações no país, como a Google, BMW, Amazon, Mercedes, Pipedrive, Cloudflare e Revolut. Já o turismo movimentou mais de € 200 milhões (cerca de R$ 1,318 bilhão) entre voos, compras, alimentação, passeios e acomodações durante a semana da feira.

"A Web Summit virou a chave para o desenvolvimento econômico de Portugal e pode fazer o mesmo por aqui", acredita a diretora técnica do Sebrae-DF e secretária executiva do Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental do DF, Rose Rainha. "Além de fomentar a economia, um evento desse porte nos dá visibilidade para que muitas empresas reconheçam o potencial da nossa capital e invistam aqui, gerando emprego e, consequentemente, mais renda", reforça o governador Ibaneis.

Com foco na inovação em Biotecnologia e Tecnologia da Informação e Comunicação, o Biotic será o principal polo de desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do DF. O projeto viabilizará a instalação de diversas empresas, além de instituições de pesquisa e centros de inovação. Para essa finalidade, estão disponíveis 95,9 hectares de propriedade da Terracap, com possibilidade de expansão, na Granja do Torto.

A estimativa é abrigar 794 empresas e mais de 2 mil estações de coworking (trabalho colaborativo), com geração de 7,6 mil postos de trabalho e 9,5 mil moradores no local, que será uma smart city onde as pessoas possam viver, estudar e trabalhar no mesmo local.

Integração das pastas

No Governo do Distrito Federal, as secretarias trabalham em uma articulação integrada para trazer a Web Summit a Brasília. Confira as avaliações de alguns secretários empenhados nesse processo:

"O Parque Tecnológico de Brasília sai do papel e passa a ser uma realidade. Voltar os olhos do mundo para o Distrito Federal por meio da Web Summit é atrair investimentos para a cidade inteligente que vamos construir, fazendo daqui um dos polos de tecnologia e inovação da América Latina, aos moldes do Vale do Silício, no Estados Unidos. Junte-se a isso a movimentação milionária que esse evento impacta na economia da cidade" – Gilvan Máximo, secretário de Ciência e Tecnologia

"A negociação para sediar a Web Summit é importante pois coloca o DF na rota dos grandes eventos mundiais. A localização geográfica de Brasília facilita o recebimento de pessoas de todo o país e o aeroporto internacional bem estruturado reforça nosso potencial para turistas de outras partes do mundo. Sem contar com a nossa vocação para o desenvolvimento de negócios, tanto pequenos quanto grandes, para a indústria da tecnologia e inovação no Biotic" – Márcio Faria, secretário de Desenvolvimento Econômico

"A Web Summit é um dos principais eventos de inovação do mundo, do qual participam CEOs das maiores gigantes da tecnologia, startups, autoridades, empreendedores e investidores de peso. Trazer para Brasília uma iniciativa capaz de atrair milhares de visitantes e de gerar negócios de grande escala significa transformar o potencial cosmopolita de nossa moderna capital em uma realidade inovadora e de impacto inédito na vida dos cidadãos" – Renata Zuquim, secretária de Relações Internacionais

"O Aeroporto Internacional de Brasília é o terceiro maior em movimentação de passageiros e o maior hub doméstico do Brasil, segundo dados da Inframerica. Temos o terceiro polo gastronômico do país e a nossa rede hoteleira é diversificada e está pronta para acolher com muita qualidade públicos variados! Portanto, estamos prontos para sediar o Web Summit em 2022, o que será fundamental para consolidar o Distrito Federal como o melhor destino para turismo de eventos, além de impactar positivamente a economia local e a geração de empregos" – Vanessa Mendonça, secretária de Turismo

"O Distrito Federal tem potencial para ser o centro tecnológico da América Latina. A participação do GDF no evento insere-se nas ações estratégicas para atingir esse fim e trazer crescimento econômico e qualidade de vida" – André Clemente, secretário de Economia
Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de bolsas integrais da EduSesc. As vagas são destinadas aos candidatos cuja renda familiar bruta mensal não ultrapasse o valor de três salários mínimos e preferencialmente aos trabalhadores do comércio e aos estudantes da educação básica da rede pública de ensino



O preenchimento da ficha e envio de documentos online devem ser feitos até este domingo (31). Já as novas matrículas poderão ser efetivadas a partir de 3 de novembro, garantindo até o dia 12 o desconto de fidelização de R$ 600 anuais abatidos no valor de cada mensalidade. O processo é realizado por meio do portal www.edusesc.com.br.

Os documentos encaminhados para as bolsas integrais passarão por análise. Em caso de deferimento será enviado o comprovante constando a data e o horário do sorteio. Já as novas vagas terão duas etapas: online por meio do portal www.edusesc.com.br; e presencial para assinatura do contrato. Vale ressaltar que o Sesc, considerando a situação geral de pandemia que atingiu toda população, definiu que serão mantidos em 2022 os mesmos valores e regras aplicados às mensalidades do ano letivo de 2021. A EduSesc conta com três escolas no Distrito Federal localizadas nas unidades de Taguatinga Norte, Ceilândia e Gama. A infraestrutura é completa e conta ainda com ensino bilíngue da Casa Thomas Jefferson.

Bolsas integrais: até 31/10
Novas matrículas: 3 a 12/11 (com desconto) e a partir de 16/11 (sem desconto)
Local: www.edusesc.com.br
Portal EDUSESC – O futuro começa aqui: www.edusesc.com.br


No segundo dia de Congresso, associação trará Samy Dana, Luiza Brunet, Gabriela Manssur, Celia Leão entre outros importantes nomes para debater impactos e tendências no mercado imobiliário


A Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC), como anfitriã do 20º Conami (Congresso Nacional de Mercado Imobiliário), anunciou a programação do segundo dia do evento mais tradicional do setor, que ocorrerá entre os dias 21 e 23 de novembro, no Sheraton São Paulo WTC Hotel, em São Paulo. Os temas das discussões serão: "Cenário econômico brasileiro e seus impactos no mercado imobiliário", "Inovações na acessibilidade de Condomínios", "Desafios do mundo corporativo", "O impacto da violência doméstica nos Condomínios" e "Experiência Internacionais da Administração Imobiliária".

O primeiro painel do evento será sobre o cenário econômico atual e os impactos gerados no mercado imobiliário. Samy Dana, economista com Ph. d em finanças e professor da FGV, será responsável pela reflexão e debate sobre o tema. No painel seguinte, com o tema "Inovações na acessibilidade de Condomínios", a Deputada Estadual Célia Leão, referência na luta pelos direitos da pessoa com deficiência, e Eduardo Ronchetti, especialista em projetos e laudos de acessibilidade para imóveis, discutem a complexidade de estruturas, para quem possui dificuldade de mobilidade e a importância de tornar qualquer lugar acessível a todos.

Após o almoço, o terceiro painel será comandado por Juarez Gustavo Soares, presidente do Secovi-ES, empresário do setor imobiliário há 28 anos e 24º brasileiro a atingir o cume do Monte Everest. O tema de sua palestra será "Desafios do mundo corporativo".

Às 15h30, a empresária e ativista Luíza Brunet e a promotora de Justiça Gabriela Manssur participam do painel "O impacto da violência doméstica nos condomínios".  Luíza Brunet, que já foi vítima de agressão, é referência mundial no combate à violência contra mulheres. Já a promotora Gabriela Manssur, especializada no tema, criou uma rede de proteção e apoio às vítimas.

"Experiência Internacionais na Administração Imobiliária" é o tema da finalização do segundo dia do Congresso. Participam do painel Jeevan D'Mello, autor, coach e consultor de negócios internacionais, que entrará direto de Dubai. Junto dele, mas presencialmente, Pepe Gutierrez, Espanhol, palestrante com experiência coorporativa internacional, e Fernanda Lisboa, advogada imobiliária e fundadora da 1Size Consulting Services & Corporate Real Estate, discutem as tendências de negócios mundiais.

O Congresso, no dia 22, terá início às 8h30, com a recepção do presidente da AABIC, José Roberto Graiche Júnior. "Após o grande efeito causado pela pandemia, agora é o momento de discutir as experiências e impactos que o mercado imobiliário sofreu durante o período. Será gratificante receber a todos", ressalta Graiche Júnior.

Após a recepção, haverá uma apresentação da Câmara Brasileira de Comércio e Serviços Imobiliários (CBCSI), que representa cerca de 74 mil imobiliárias e administradoras de imóveis e 170 mil condomínios no país. Os palestrantes serão os presidentes de Secovis estaduais e representantes da CBCSI, Pedro Wähmann, do Rio de Janeiro, Cássia Ximenes, de Minas Gerais, Marcio Gomes, de Pernambuco, Marcos Augusto Netto, de Mato Grosso do Su, e Ioav Blanche, de Goiás, além do coordenador de locação da CBCSI, Leandro Ibagy.

O Conami espera receber mais de 700 pessoas nos três dias de evento. As inscrições estão abertas no site: www.conami2021saopaulo.com.br. A 20ª edição conta com o patrocínio de: Bradesco, Ahreas, Vila Velha Corretora, Atlas Schindler, RB Serviços, Telhanorte, Empresta Capital, Credihome, Condolivre, Mercadominio, Cashme Soluções Financiamentos e Atala Engenharia.

 

 

 

Serviço – 20º Conami

Data: 21 a 23 de novembro de 2021

Local: World Trade Center - Sheraton São Paulo WTC Hotel

Inscrições: www.conami2021saopaulo.com.br

Informações: eventos@aabic.org.br

Sobre a AABIC

A Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC) é uma entidade com 43 anos de atuação na formação qualitativa do mercado de administração e locação de imóveis. Conta com 90 empresas associadas, que administram atualmente 16 mil condomínios e mais de 60 mil imóveis locados, onde vivem cerca de 5,1 milhões de pessoas. As associadas da AABIC são responsáveis pelo emprego de 115 mil pessoas no setor, contabilizando os funcionários de operação nas empresas até o contingente de colaboradores contratados para executar as rotinas dos condomínios. Fundada em 1978, a AABIC busca cumprir com excelência e rigor sua principal missão: orientar a administração de bens imóveis e condomínios em suas atividades. Com gestão voltada para o aperfeiçoamento contínuo da qualidade dos serviços de orientação e treinamento, a associação trabalha pela valorização do segmento no mercado imobiliário.

 

Nesta quarta-feira, dia 27 de outubro de 2021, a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR), presidida pela deputada federal Aline Sleutjes, entregou à 11 agraciados, o Prêmio Homero Pereira, que foi instituído em 2014 e é concedido a cidadão ou instituição cujos trabalhos ou ações tenham-se destacado na agropecuária brasileira. Ele foi dividido em 11 categorias, são elas: Personalidade do agronegócio 2021, Empresa de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário, Inovação tecnológica, Preservação agropecuária, Sustentabilidade, Produção Agropecuária, Pesquisa (mérito científico), Empresa destaque Rural, Representatividade Rural, Agricultura Familiar e "In Memorian" Política.

 

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, recebeu, por indicação da deputada federal Aline Sleutjes, o prêmio Homero Pereira – Personalidade do Agronegócio 2021. Sleutjes declarou: "Sinto muito orgulho por presidir esta comissão e hoje poder homenagear uma das melhores ministras que o país já teve. À frente do Ministério da Agricultura, o trabalho da Tereza Cristina é impecável, carregado de dedicação, competência e amor pelo que faz, parabéns minha amiga, prêmio mais do que merecido" afirmou Sleutjes ao se referir à homenageada.

 

Segundo a homenageada, Tereza Cristina "O Brasil tem o que mostrar. Infelizmente, muita gente joga como se a agricultura brasileira não fosse essa agricultura real que nós temos. Temos problemas? Temos. Mas na dimensão da nossa agricultura, eu posso afirmar para vocês que ela é sustentável e ela caminha a passos cada vez mais largos para ser cada vez mais sustentável e ser a maior agricultura verde do planeta".

 

Na categoria Empresa de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário, indicada pelo deputado federal Nelson Barbudo, foi a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), exemplo em tecnologia e sustentabilidade. Durante a cerimônia, a ministra Tereza Cristina elogiou o trabalho da Embrapa e todos os anos de pesquisa, de ciência, de tecnologia para chegar ao que ela chamou de "pujança do nosso agro".

 

Aline Sleutjes destacou que a Embrapa tem um trabalho extraordinário em todos os setores em que atua. No setor leiteiro, área forte de atuação da parlamentar, a Embrapa tem sido grande parceira, criando novos mecanismos, genética adaptada, novas forrageiras, sistemas, leite orgânico e de baixo carbono entre outras ações. A parlamentar promoveu uma visita da caravana do leite à fazenda da Embrapa no Estado de São Paulo e lá pôde conferir de perto todas as inovações.                               O prêmio de Inovação Tecnológica, indicação feita pelo deputado federal Celso Maldaner foi para empresa Ordemilk LTDA, que é considerada a maior empresa nacional de ordenhadeiras e similares, localizada no município de Treze Tílas-SC desde 1999, e hoje é referência no ramo da indústria leiteira.

 

O deputado federal Pedro Uczai, indicou o agricultor Ernest Gotsch, para o prêmio na categoria Preservação Agropecuária. Gotsch é um agricultor e pesquisador suíço, formado em ciência genética, criador da Agricultura Sintrópica (caracterizado pela organização, integração, equilíbrio e preservação de energia no ambiente). Em 1982, mudou-se para Piraí do Norte, região do cacau na Bahia, Brasil, onde aplicou seu método de agricultura. Com a grande difusão do seu sucesso, tornou-se referência em agricultura regenerativa em todo o mundo.

 

Na categoria Sustentabilidade, o deputado Marcelo Moraes indicou a Associação dos Fumucultoresdo Brasil- AFUBRA, pelo projeto "verde é vida", que visa desenvolver atividades de educação ambiental: palestras e doCOMISSÃO DA AGRICULTURA ENTREGA PRÊMIO HOMERO PEREIRA À ONZE AGRACIADOS QUE SE DESTACARAM NO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIROação de mudas. Tem como objetivo, desenvolver a educação socioambiental, promover a preservação do meio ambiente, a educação rural, diversificação, sustentabilidade e a valorização dos agricultores.

 

O Grupo Scmidt Agrícola foi indicado pelo deputado federal Tito à categoria de Produção Agropecuária. Desde 1979 o Grupo é especialista em produção de fibras, grãos e frutas e é referência de gestão no negócio e produção agrícola, uma vez que aposta no uso de tecnologia, proporcionando melhor aproveitamento do tempo e da terra, gerando mais frutos e retorno dos recursos investidos.

 

Na categoria Mérito Científico foi premiado o doutor em economia aplicada Paulo do Carmo Martins, que, na Embrapa Gado de Leite, desenvolve estudos de inteligência de mercado e eficiência na cadeia produtiva do leite, a indicação à essa categoria do prêmio foi feita pelo deputado federal Charles Evangelista.

 

Na categoria Empresa Destaque Rural, a premiada foi a Granja Faria, que criou um sistema de integração de produção de ovos férteis, em parceria com a empresa BRF. É considerada a maior empresa produtora de ovos do Brasil, está localizada em Nova Mutum- MT. A indicação foi feita pelo deputado federal Gerônimo Geoergen.

 

A CNA – Confederação Nacional da Agricultura foi indicada pelo deputado federal José Mário Schereiner à categoria Representatividade Rural, por defender as reivindicações do setor agropecuário participando de debates, comissões, grupos de trabalho, acordos e convenções coletivas, reuniões e outros foros de decisão.

 

Na categoria de Agricultura familiar a indicação foi feita pela deputada federal Edna Henrique à Produtora Josivane Caiano da Silva, líder comunitária e presidente da Associação dos Produtores e Agricultores Rurais do Assentamento Santa Catarina (PB), que auxilia no plantio de algodão orgânico e desenvolveu um projeto de tingimento natural à base da planta Anileira.

A deputada Mara Rocha indicou à categoria "in memorian" Política, o ex-governador e ex-deputado federal Francisco Wanderely Dantas, que implantou no estado uma agricultura com sólida base técnica, estudo do terreno amazônico, produção em escala e implantação da pecuária com genética de ponta.

 

No fechamento do evento, a presidente da CAPADR, deputada federal Aline Sleutjes destacou a importância do prêmio e suas categorias e parabenizou cada um dos agraciados. Segundo a parlamentar "Hoje estamos muito felizes em recebê-los na Casa do Povo. Todos os homenageados que estão aqui, representam a voz do agronegócio, que tem levado a economia do Brasil nas costas e manteve o país firme mesmo no momento difícil de pandemia que enfrentamos, contem conosco para continuarmos fazendo cada dia uma nação mais forte e melhor para todos".



O projeto ficará na capital nos meses de outubro e novembro.

 

Aos amantes de blues, jazz, mpb e world music, uma boa notícia. O projeto Music in Churchill promete agitar as noites de terças e quartas-feiras, no Hotel Meliá Brasil 21. Na programação, Marcius Cabral, Felipe Portilho, Celso Arias e Meolly apresentam seus shows em formato intimista.

Previsto para os meses de outubro e novembro, as apresentações têm início às 18h e se encerram às 21h30. A casa oferece ainda uma extensa carta de drinks e aperitivos aos convidados, com 50% de desconto na segunda bebida, além de 3h de estacionamento gratuito.

O evento é aberto ao público, apenas sendo necessário o pagamento de couvert artístico no valor de R$ 15 reais.

Sobre os artistas

Felipe Portilho - Bossa/Jazz/MPB

Marcius Cabral – Blues

Celso Arias - Jazz/Rock internacional

Meolly – Pop nacional/MPB

Projeto Music in Churchill

Quando? Todas as terças e quartas-feiras de setembro e outubro

Hora? 18h às 21h30

Onde? SHS, Quadra 6, Conjunto A, Bloco D. Hotel Meliá Brasil 21.

Quanto? R$ 15 (Couvert)



O vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Delmasso (Republicanos) é o autor do projeto, Delmasso destaca que a "logística é a chave de muitos negócios por muitas razões, entre as quais incluímos o alto custo de operação das cadeias de abastecimento"

Foto: Rogério Lopes.

A Câmara Legislativa aprovou em primeiro turno, nesta quarta-feira (27), o PL 1.690/2021, que cria o Complexo de Exportação e Logística do Distrito Federal. De autoria do  vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Delmasso (Republicanos), a proposta tem o objetivo de fomentar o investimento produtivo de capital nacional ou estrangeiro na área de logística e aumentar a competitividade das exportações do Distrito Federal.

Segundo o texto, o Poder Executivo poderá estabelecer incentivos fiscais, creditícios e financeiros ao setor, bem como apresentar proposta de criação de Zona de Processamento de Exportação, junto ao Governo Federal, no Complexo de Exportação e Logística do DF.

De acordo com a proposta, fazem parte do Complexo o Setor de Indústria e Abastecimento; o Setor de Armazenagem e Abastecimento Norte; Setor de Transporte Rodoviário e Cargas; o Aeroporto Internacional de Brasília; e o Polo Industrial JK.

Em sua justificativa, Delmasso frisa que a "logística é a chave de muitos negócios por muitas razões, entre as quais incluímos o alto custo de operação das cadeias de abastecimento".


O Fluminense visitou o Santos e, sob um dilúvio  levou um sufoco nos primeiros 15 minutos

Por Raimundo Ribeiro

Depois começou a sair pro jogo equilibrando a partida, mas aos 33 minutos numa falha clamorosa de Marlon  o Santos fez 1x0.

A lamentar, a péssima arbitragem de Bráulio Machado,  estranhamente escalado de última hora, o que está dentro do padrão calamitoso da arbitragem brasileira.

Terminamos o primeiro tempo repetindo os velhos erros de marcação e com o placar adverso.

O Fluminense voltou para o segundo tempo com uma postura diferente, invertendo o posicionamento de Luiz Henrique e Caio Paulista e com isso cessando o Santos no campo defensivo, mas aos 15 minutos,  Marcos Felipe sai jogando errado e o  Santos faz o segundo gol.

Depois disso, o Fluminense imprensou o Santos no próprio campo e Abel Hernández e Lucca perderam gols que o atacante não pode perder.

Dá pra se destacar um Martinelli totalmente sem ritmo, Nonato sem raça e Lucca sem saber jogar bola.

Fica a pergunta: porque Lucca sempre entra em campo?

Agora é ir a Fortaleza tentar uma vitória contra o Ceará no domingo.

Bora FLUZÃO!
*Raimundo Ribeiro é apaixonado por futebol e naturalmente tricolor.

Projeto visa ensinar Voleibol gratuito para adolescentes de 15 a 18 anos do Distrito Federal

Foto: Cleber Oliveira.

O vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Delmasso (Republicanos), destinou emenda parlamentar de R$ 1.100.000,00 a ser executado pela Secretaria de Juventude por meio do projeto Viva Vôlei, cuja diretriz é educar e socializar meninos e meninas através do esporte.

No Distrito Federal, por meio desta parceria entre o governo e o Viva Vôlei, adolescentes de 15 a 18 anos, matriculados da rede de ensino, podem se inscrever no projeto para aprender voleibol em um dos centros olímpicos das seguintes regiões Riacho Fundo I, São Sebastião, Parque da Vaquejada (Ceilândia), Gama, Santa Maria, Planaltina, Brazlândia. Recanto das Emas, Estrutural e Guará (neste caso, o esporte será praticado no Colégio GG).

"Acredito no esporte como meio de transformação de vidas e de realidades! Sem digo e repito isso porque eu sei como o esporte pode fazer com que jovens saiam das drogas e da criminalidade, eu acredito no potencial de cada atleta e é por isso que precisamos investir neles!", disse Delmasso.

Os participantes aprenderão a modalidade com a utilização das técnicas do mini vôlei e a transição para o voleibol, onde jogarão no sistema de trio. O sistema de jogo respeitará os critérios de acordo com a faixa etária dos jovens.

Os jovens entre 15 e 18 anos que tiverem interesse em participar das atividades do Viva Vôlei podem se inscrever no link disponibilizado em: https://vivavolei.cbv.com.br/inscricoes-vivavolei-brasilia

O projeto Viva Vôlei
O Projeto foi iniciado em 1999 pela Confederação Brasileira de Voleibol, a entidade máxima da modalidade no país e em 2003 a CBV criou o Instituto Viva Vôlei, que é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), para gerenciar o Programa.

O programa utiliza os princípios da aprendizagem lúdica para repassar os ensinamentos e primeiros passos da modalidade aos jovens da rede de ensino pública do Distrito Federal.

No Distrito Federal, foi firmada uma parceria entre o projeto e a Secretaria da Juventude e Secretaria de Esporte e Lazer para levar a modalidade esporte às regiões administrativas de Brasília com o intuito de beneficiar adolescentes dessas regiões.
As oportunidades fazem parte do projeto Escola da Comunidade, com inscrições até 08 de novembro. O  Curso de Formação de Síndico para Gestão Condominial é gratuito, online e comporta até 500 alunos



O prazo de inscrições para quem deseja participar do projeto Escola da Comunidade, promovido pela Administração Regional do Guará, está aberto até o dia 09 de novembro. A iniciativa, organizada em parceria com instituições da sociedade civil organizada, oferece 500 vagas para o  Curso de Formação de Síndico para Gestão Condominial  .

Com o objetivo de apoiar o trabalho de lideranças comunitárias, o Governo do Distrito Federal, por meio da Administração Regional do Guará, criou a Escola da Comunidade, um espaço voltado para a promoção de cursos e palestras para zeladores, porteiros, síndicos, prefeitos de quadras e membros de associações comunitárias de moradores.

A administradora Luciane Quintana afirma que a iniciativa é uma antiga reivindicação das lideranças comunitárias do Guará. "É uma conquista de toda a comunidade do Guará, pois sabemos o quanto é difícil o papel do líder comunitário, síndicos, prefeitos, presidentes de associações e funcionários de condomínios numa sociedade cada vez mais individualista com conflitos permanentes", avalia a administradora.

Podem participar dos cursos pessoas com mais de 16 anos residentes em qualquer cidade do Distrito Federal e Entorno do DF. As inscrições devem ser realizadas pelo site ou pessoalmente, na administração, com o preenchimento de uma ficha.

Os cursos de capacitação profissional da Escola da Comunidade abordam temas diretamente relacionados ao dia a dia dos trabalhos das lideranças comunitárias. O curso para porteiros abrange estratégias de segurança, motivação e perfil profissional; o de síndico aborda gestão de condomínio, estratégias de negociação, motivação, contabilidade, direito, eventos, organização, engenharia; enquanto as aulas para zelador prestam informações que ajudam no planejamento da limpeza de edifícios, como os melhores horários e momentos, com metodologia específica.

Os outros cursos abrangem estratégias de segurança, motivação, regras de limpeza, estratégias de negociação, noções de contabilidade, direito, eventos, organização, engenharia, entre outros temas.

Para o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos), o curso será um importante instrumento de apoio aos síndicos. "Esse Curso de Formação de Síndico para Gestão Condominial Online tem o apoio da vice presidência da Câmara Legislativa do Distrito Federal, pois acreditamos que o treinamento e o aperfeiçoamento possa ser um importante instrumento de apoio aos síndicos e gestores condominiais e pode gerar uma aproximação de gestores públicos e gestores condominiais, também é uma oportunidade de apresentação de leis de autoria de nossa mandato em defesa de síndicos, condomínio e fortalecimento das comunidades", comentou Delmasso.

As aulas serão ministradas por engenheiros, advogados, contadores, administradores, policiais, bombeiros e demais profissionais ligados aos temas. A carga horária total do  Curso de Formação de Síndico para Gestão Condominial é de 60 horas, e os formandos receberão certificado de conclusão. Todas as aulas serão online e terão início em abril. Os participantes recebem um certificado, que é reconhecido pelo Ministério da Educação como curso livre.

Segundo a administradora do Guará, Luciane Quintana, a Escola da Comunidade é uma ação importante, que veio para ficar, continuará melhorando cada vez mais e oferecendo mais cursos no próximo semestre do ano que vem. As inscrições, para essa turma do Curso Prático de Síndico, serão feitas pelo site da administração do Guará, www.guara.df.gov.br.

Também está prevista a abertura para mais sete cursos, nas áreas de condomínios, empreendedorismo, eventos, administração do tempo, concurso e pré-enem.

Serviço:  Curso de Formação de Síndico para Gestão Condominial oferecido pela Escola da Comunidade da Administração Regional do Guará

Curso de Formação de Síndico para Gestão Condominial

Inscrições: Até o dia 08 de novembro de 2021 - pelo site www.guara.df.gov.br ou na Administração Regional do Guará, ou no LINK: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfj1Fi4fUzmQk3sSgruK_KD7cuV9k74kzRPdB0swzzUm1OulA/viewform

Local do curso: Online pela plataforma do Zoom.

Início do curso: 09 de novembro de 2021.

Carga horário: 60h/a.

Valor do curso: Gratuito.

Mais informações: 61 3383-7242 | 3054-0543 | 9 9807-2015 (WhatsApp).

Público alvo: Síndicos, subsíndicos, conselheiros fiscais, moradores de condomínios e trabalhadores da área administrativa de condomínios.
Com o intuito de garantir que a população tenha acesso às academias mesmo no período de pandemia o deputado Martins Machado (Republicanos) apresentou o projeto de lei n° 1211, que visa tornar as academias de esporte de todas as modalidades como atividades essenciais e indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, que foi votado em segundo turno durante a sessão ordinária desta quarta-feira (27)

Foto: Flávia Ribeiro.

Para o parlamentar a prática de atividade física é considerada um dos pilares na construção de uma vida saudável e se tornou fundamental para a recuperação de sequelas deixadas por meio da infecção do Covid 19 " Dei entrada nesse projeto há muito tempo, mas em função do que estávamos passando retirei por não achar oportuno o momento. Agora, estamos avançando no processo de vacinação e, é hora de cuidar das pessoas que ficaram com sequelas após a infecção e a prática de atividade física acelera o processo de recuperação. Fiquei com sequelas graves e me recuperei mais rápido com a prática esportiva. Lógico, que tudo será feito dentro dos protocolos de segurança, como foi feito até aqui", afirma o distrital.

O projeto de lei segue para sanção do governador Ibaneis Rocha.
Solar das Araucárias será lançado já com as novas medidas do programa Casa Verde e Amarela
Crédito: Divulgação/ Projeção

Com soluções de economia compartilhada e uso responsável dos recursos naturais, Solar das Araucárias, empreendimento da Construtora Yticon, terá 320 unidades distribuídas em cinco torres

O governo federal acaba de anunciar mudanças nas diretrizes do programa Casa Verde e Amarela (CVA), que deverão facilitar ainda mais a aquisição da casa própria pela população de todo o País, em especial do Paraná, que possui a maior parceria vigente em habitação com a União. Maringá é uma das cidades com o maior volume de lançamentos de imóveis residenciais compactos neste ano. A construtora Yticon, do grupo A.Yoshii, irá investir mais de R$ 300 milhões nos próximos dois anos (que fazem parte do projeto de expansão que iniciou em fevereiro deste ano na cidade) e deve gerar mais de mil vagas de empregos na região no mesmo período.

O empreendimento mais recente é o Solar das Araucárias, o 2º da construtora na cidade Canção, que terá 320 unidades residenciais distribuídas em cinco torres de oito pavimentos, cada. A entrega do empreendimento está prevista para julho de 2023. Segundo o gerente de unidade da Yticon, Bruno Catarino, o lançamento integra o plano do município de verticalização de “vazios urbanos”, no qual a construtora foi pioneira na parceria com a prefeitura que, com as novas medidas de melhorias de financiamento de moradias anunciadas recentemente pelo Governo Federal, passaram a ser um sonho ainda mais possível de ser alcançado. “O Ministério do Desenvolvimento Regional irá ampliar o número de famílias aptas a participarem do programa, bem como reduzir significativamente a taxa de juros a uma parte dos beneficiários do programa e ampliar o teto do valor dos imóveis.”

Dentre as medidas, o governo federal anunciou seis melhorias nas propostas de financiamento de moradias já disponíveis em todo país. Parte das unidades do Solar das Araucárias são, prioritariamente, destinadas aos cadastrados no programa de habitação do município. As demais integram o programa Casa Verde e Amarela e podem receber subsídio de até R$ 23 mil, com apartamentos que começam com valores a partir de R$ 146 mil. O empreendimento será construído no bairro Jardim Tropical, região em franca expansão, próxima ao Hospital Universitário (HU) da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e da Avenida Mandacaru. Com duas opções de plantas, cada unidade contará com dois dormitórios, com 45 m² de área privativa e 78 m² de área total, além de sacada.

Infraestrutura

O empreendimento foi planejado dentro do conceito de economia compartilhada, o Compartycon, um serviço inovador da Yticon que possibilita aos moradores compartilhar bicicletas, ferramentas de uso geral e material esportivo. As áreas coletivas do Solar das Araucárias contemplam quadra esportiva, playground, piscinas infantil e adulto, espaço gourmet, churrasqueira e pet place.

Dentro dos novos modelos de consciência ambiental e economia de recursos naturais, o empreendimento terá coleta de água da chuva para limpeza de áreas de lazer e irrigação de jardins, além de sistema inteligente de iluminação - com sensor de presença e lâmpadas de led nas áreas comuns. Os apartamentos serão entregues com piso laminado nos quartos e salas, portas com borracha amortecedora, venezianas nos quartos e bancada do banheiro, louças e metais sanitários com dispositivo economizador de água, todos itens considerados diferenciais neste segmento.

Atenta às mudanças de comportamento e demandas de moradia, a construtora integrou a opção “garden” a algumas unidades. Essa ideia – já praticada em empreendimentos de maior valor – foi incorporada a esse segmento, trazendo um diferencial a mais aos clientes. Nesse tipo de planta, disponível em apartamentos térreos, o morador dispõe de um espaço individual de área verde, que se estende além da sacada. Todas as torres possuem elevador, vagas de garagem, guarita com controle de acesso, cerca elétrica, medidores individuais de água, gás e energia elétrica, além de previsão de baixo condomínio e compromisso de entrega no prazo.

O apartamento decorado pode ser visitado no Plantão de Vendas em Maringá, localizado na Avenida Mandacaru, 1.947. Para mais informações, o contato de telefone e WhatsApp é: (44) 99107-8438.

 

Sobre a Yticon Construção e Incorporação

A Yticon é uma construtora e incorporadora que atua há mais de dez anos nas cidades de Londrina, Maringá e Cambé, no Paraná, e Presidente Prudente, em São Paulo. A empresa do Grupo A.Yoshii desenvolve empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização, especialmente para quem quer conquistar o primeiro imóvel. A Yticon já construiu mais de 5 mil unidades, todas entregues rigorosamente no prazo, somando mais de 500 mil m² de área construída. Mais informações: www.yticon.com.br.

 

Sobre o Grupo A.Yoshii

Fundado há mais de 55 anos, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná; e pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural. Além disso, atua em Obras Corporativas, atendendo grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.


 

Boazinhas