Articles by "POLÍTICA BRASÍLIA"
Mostrando postagens com marcador POLÍTICA BRASÍLIA. Mostrar todas as postagens

 Délio Lins, atual presidente, e sua equipe, são suspeitos de negociar apoio da advocacia em subseções



Mal começou a campanha para eleição da OAB-DF, e os ataques começam a engrossar o caldo nessa disputa. Dessa vez, um funcionário do escritório de Délio Lins e Silva, pai do atual presidente, Delinho, contou a um amigo que o atual presidente da Ordem que está em pré-campanha, vem mapeando as ruas de Ceilândia e de Taguatinga em busca de pequenos escritórios de advocacia. 

O interesse nessas bancas é pra comprar apoio dos jovens advogados que estão em situação difícil. Uma prática antiga nas eleições partidárias. O fato é isso precisa ser apurado com muito cuidado, tendo em vista que alguns advogados estão dispostos a revelar essa humilhação em público. É esperar para ver os próximos capítulos dessa sangrenta disputa a Ordem dos Advogados do DF.

Além de melhorarem o serviço aos cidadãos, medidas trazem economia


A investida do governo de Brasília contra a crise financeira intensifica-se com o anúncio de uma série de medidas, nesta quinta-feira (14), que buscam o aumento da arrecadação. A maioria necessita de aprovação da Câmara Legislativa, mas outras, elaboradas em forma de decretos, terão efeito imediato após publicação no Diário Oficial do Distrito Federal. As propostas estabelecem mudanças na rotina da administração pública e dão mais dinamismo aos serviços prestados.

Um dos decretos determinará que os 562 servidores do governo de Brasília cedidos a órgãos federais sejam pagos pela União. Mesmo sem prestarem serviço diretamente ao Distrito Federal, eles custam ao caixa local R$ 4,3 milhões por mês. A mesma resolução suspenderá a cessão de funcionários públicos de áreas-fins da Saúde e da Segurança e de todas as carreiras da Educação, da Agência de Fiscalização (Agefis) e do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), com exceção daqueles que ocupam cargos de chefia. Com a restrição, diminuirá o número de médicos, docentes e outros servidores exercendo funções diferentes.
Expectativa é colocá-lo em prática em uma unidade hidrográfica de Brasília até agosto deste ano

Conciliar a produção de alimentos com a conservação do meio ambiente é a principal meta do Plano de Manejo e Conservação da Água e do Solo em Áreas de Produção Rural no Distrito Federal. Lançado nesta quinta-feira (16) durante a AgroBrasília — feira internacional de agronegócios —, o documento propõe aos agricultores a adoção de técnicas sustentáveis de cultivo, algumas delas já implantadas com sucesso.

A expectativa do governo é colocar a iniciativa em prática até agosto deste ano, porém, neste primeiro momento, a implementação ocorrerá somente em uma unidade hidrográfica. De acordo com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, a Bacia do Descoberto e a sub-bacia do Rio Jardim — que faz parte da Bacia do Rio Preto — são fortes candidatas a estrearem a iniciativa. Existem hoje no DF sete bacias: do Descoberto, do São Bartolomeu, do Rio Preto, do Rio Maranhão, do Rio Corumbá, do Paranoá e do Rio São Marcos.

A taxa de desemprego no Distrito Federal aumentou no primeiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período em 2012, passando de 8,7% para 10,8%, segundo a Pesquisa Nacional de Amostra Domiciliar (Pnad Contínua). Ao todo, são 165 mil pessoas sem trabalho na capital federal nos três primeiros meses deste ano. No primeiro trimestre de 2012, eram 123 mil desempregados.

Enquanto o Distrito Federal ocupava a 10ª maior taxa de desemprego em 2012, agora a capital ocupa o 4º lugar, ficando atrás apenas de Alagoas, Bahia e Rio Grande do Norte.

Modelo de requerimento de desfiliação partidária (desligamento)

A desfiliação Partidária (desligamento) deve ser realizada em dois momentos.

O primeiro momento você deve redigir um requerimento igual ao "MODELO 1", em duas vias. Uma via do seu pedido de desligamento uma ficará no partido, e outra será a sua contrafé. O requerimento será endereçado ao presidente da agremiação partidária que você esta sedesvinculando.

No segundo momento, você deve anexar à contrafé do "MODELO 1" com o segundo requerimento"MODELO 2", que seguirá para o juiz eleitoral da Zona Eleitoral em que você é eleitor, em duas vias, uma ficará na Zona Eleitoral e a outra será a sua contrafé, seguindo estas instruções você não correrá o risco de ter dupla filiação.

Estamos incluindo o "MODELO 3" a fim de suprir uma demanda de nossos leitores do facebook e blog que nos pediram por e-mail, serve para requerer direto ao juiz eleitoral a desfiliação, por falta do diretório ou da comissão na cidade.


MODELO 1


ILUSTRÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO PARTIDO _________________________



Eu ___________________________________________________________,

Filho (a) de ____________________________________________________________ e de _______________________________________________________________, portador do titulo eleitoral n.º ___________________ - Zona ____ - Seção ____, em atenção à disposição legal contida no artigo 21 da Lei 9.096, de 19/09/1995 (Lei Orgânica dos Partidos Políticos), vem à presença de Vossa Excelência, comunicar o DESLIGAMENTO desta respeitável agremiação partidária, a partir desta data, consoante determinação prescrita na legislação supracitada, para os fins de direito.



Nome da Cidade, ____, de ____________ de 20___.



_______________________________


Reprodução da internet.

Primeira Dama indiretamente é culpada pelo caos da Saúde do DF por indicar Ivan Castelli? João Batista sabe o que está fazendo? De onde surgiu a ideia das OSs como modelo de gestão? E o criador do plano de governo para a Saúde, se acovarou? É apenas falta de Dinheiro ou Falta dinheiro? Para começar a entender o que está por trás dos rumos da Saúde do DF, é necessário conhecer os protagonistas da Saúde.

Durante uma entrevista longa, uma fonte da cúpula do Buriti, que por questões óbvias, prefere não ser identificada, explicou ao blog Política Distrital o motivo da inércia da Saúde do DF, mesmo após o governador, Rodrigo Rollemberg (PSB) ter decretado ´Estado de Emergência´ (19/Jan), que tem por finalidade facilitar o processo de contratações por parte da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) na realização de compras, com dispensa de licitação de modo a agilizar a recuperação da Saúde pública do DF.

Criada para contribuir de maneira significativa com o esporte da capital federal, e principalmente com os atletas foi oficialmente lançada na Câmara Legislativa, em sessão solene proposta pelo deputado Julio Cesar (PRB-DF), a Frente Parlamentar do Esporte.

A sessão de lançamento da Frente contou com a participação do ministro do Esporte, George Hilton; secretária do Esporte, Leila Barros; representantes de entidades e de muitos atletas e paratetlas, que lotaram as galerias do plenário.

O distrital justificou a iniciativa. “A frente foi criada para dar continuidade ao trabalho iniciado durante minha gestão à frente da Secretaria do Esporte, onde trabalhamos incansavelmente para propor e executar políticas públicas e diretrizes para o esporte. Agora, quero garantir que o esporte tenha voz no Poder Legislativo”, afirmou.

Durante a solenidade, o parlamentar anunciou que irá liberar emendas para fomentar o Programa Compete Brasília, e que vai trabalhar muito para que até o final do mandato a Lei de Incentivo ao Esporte do Distrito Federal seja aprovada.
Estabelecer diretrizes para que os detentos apenados (os que cumprem sua pena) e os egressos (aqueles que já estão em liberdade) tenham mais chances no mercado de trabalho é o que prevê o Projeto de Lei de autoria do deputado distrital, Julio Cesar (PRB-DF), que tramita na Câmara Legislativa.
 O projeto visa ampliar oportunidades de trabalho para aqueles que sofrem com a saída prisional ou que estão em regime semiaberto e encontram dificuldades no acesso ao mercado de trabalho. O parlamentar entende que por meio de políticas sociais e econômicas que garantam o acesso ao trabalho externo dos detentos e dos egressos, poderemos ter uma redução do risco de reincidência, e com isto a reinserção social, proporcionando a eles uma chance de conviver em sociedade.
Reprodução

O doleiro Alberto Youssef afirmou na quarta-feira, 13, à Justiça Federal que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), era um dos “destinatários finais” da propina de cerca de R$ 4 milhões em contratos de navios-sonda da Petrobras investigados pela Operação Lava Jato.

O doleiro reafirmou sua versão de que Cunha foi o mentor de requerimentos feitos na Câmara para pressionar a empresa Mitsui, que não estaria pagando a propina em 2011. Ele disse que foi procurado pelo executivo Julio Camargo após estes requerimentos. “Fui chamado em 2011 pelo Julio Camargo no seu escritório, onde ele se encontrava muito preocupado e me relatou que o Fernando Soares, através do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), havia pedido alguns requerimentos de informações referentes aos contratos da Mitsui, da Toyo e do próprio Julio Camargo, através de outros deputados”, relatou ao juiz Sérgio Moro.
Agnelo: “Deixei dinheiro em caixa. Não tem rombo”

Para ex-governador, certidão de regularidade fiscal indica que as contas de 2014 serão aprovadas

Já chegou ao Tribunal de Contas do DF (TCDF) a prestação de contas do Governo do Distrito Federal de 2014, último ano da gestão de Agnelo Queiroz. O relator, Paulo Tadeu, tem 60 dias para emitir um relatório, com base em auditoria realizada pelo corpo técnico do Tribunal. O ex-governador terá cinco dias úteis para se manifestar. Tanto ele quanto petistas próximos a ele se dizem confiantes na aprovação das contas, já que, recentemente, o Tribunal emitiu uma certidão de regularidade fiscal do governo.

Ocorre que o processo que analisa as contas de 2014 em nada tem a ver com a certidão de regularidade fiscal. Ela foi solicitada pelo atual governo ao Tribunal, para que o Palácio do Buriti possa contratar operações de crédito. Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Contas, este documento leva em conta, basicamente, os limites mínimos de aplicação em educação e saúde, ambos previstos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Deputada Telma Rufino. Reprodução

Telma Rufino é investigada na Operação Trick. Por meio de nota, a legenda justificou a estreita ligação da distrital com um dos pivôs do esquema, Edigard Enéas, para a abertura do processo interno de expulsão

A executiva nacional do Partido Pátria Livre (PPL) abriu um processo interno para expulsão da deputada distrital Telma Rufino da legenda – ela é investigada na Operação Trick da Polícia Civil. O presidente regional do partido, Marco Antônio Campanella, outro alvo da operação, pediu licença do comando do PPL, mas não corre risco de ser expulso.
Expectativa é colocá-lo em prática em uma unidade hidrográfica de Brasília até agosto deste ano

Conciliar a produção de alimentos com a conservação do meio ambiente é a principal meta do Plano de Manejo e Conservação da Água e do Solo em Áreas de Produção Rural no Distrito Federal. Lançado nesta quinta-feira (16) durante a AgroBrasília — feira internacional de agronegócios —, o documento propõe aos agricultores a adoção de técnicas sustentáveis de cultivo, algumas delas já implantadas com sucesso.

A expectativa do governo é colocar a iniciativa em prática até agosto deste ano, porém, neste primeiro momento, a implementação ocorrerá somente em uma unidade hidrográfica. De acordo com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, a Bacia do Descoberto e a sub-bacia do Rio Jardim — que faz parte da Bacia do Rio Preto — são fortes candidatas a estrearem a iniciativa. Existem hoje no DF sete bacias: do Descoberto, do São Bartolomeu, do Rio Preto, do Rio Maranhão, do Rio Corumbá, do Paranoá e do Rio São Marcos.
Pesquisa da Codeplan divulgada nesta quarta-feira apresenta informações sobre a região administrativa

O Recanto das Emas tem atualmente 145.304 habitantes na área urbana, distribuídos em 41.434 domicílios. Do total, cerca de 24% são estudantes de escolas públicas e 3,19% de instituições particulares. Quanto ao nível de escolaridade, a população concentra-se nas categorias dos que têm ensino fundamental incompleto, 38,48%, e médio completo, 23,03%. Os que possuem nível superior representam 5,52%, quase o dobro do percentual apurado em 2011, de 2,15%. Dos estudantes que moram no Recanto das Emas, 78,35% frequentam as aulas na própria região administrativa.

A maior parte dos moradores tem entre 40 e 59 anos de idade, 27,26%. Quanto à ocupação dos habitantes acima de 10 anos de idade, 49,55% têm atividades remuneradas, 15% são estudantes e 8,57% estão desempregados. O setor que mais absorve a comunidade local é o de serviços, com 90%. Prevalecem moradores com carteira assinada (62,61%), enquanto os autônomos representam 15,70%.

A região administrativa foi criada em 28 de julho de 1993 e possui 59 quadras residenciais. Quase todas as moradias são abastecidas pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (98,62%) e têm energia elétrica (99,50%). A rede de esgoto atende 91,70% da população; o Serviço de Limpeza Urbana, 95,35%. Além disso, 84,03% das casas recebem coleta seletiva.



Veículos abandonados e carcaças de carros em área pública serão removidos nesta sexta-feira

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), em parceria com a Administração Regional do Guará, vai promover, nesta sexta-feira (14), a primeira operação do ano de retirada de veículos abandonados e carcaças em área pública.

Na região administrativa, foram mapeados 15 carros nessa situação, o que representa risco à saúde e à segurança. Eles podem se tornar focos de dengue e abrigo para usuários de drogas.
Região receberá limpeza de boca de lobo e operação tapa-buraco

O tráfego de veículos em duas regiões do Setor Comercial Sul ficará interditado nesta sexta-feira (15), a partir das 8 horas. Na via entre as Quadras 1 e 2, será realizada uma operação tapa-buraco. Na via subterrânea da Quadra 5, será feita a manutenção das bocas de lobo, além de limpeza e pequenos reparos.
O Síndico

Paulo Roberto Melo é um Síndico Profissional preparado para administrar condomínios dos mais diversos padrões e níveis de complexidade. A sua experiência permite solucionar todas as situações de gestão condominial. Sua história começou por acaso em dezembro de 2011, quando assumiu o Condomínio Edifício Anya, sendo que no 1º semestre de 2012 vendo a necessidade de especialização conseguiu a criação do curso de formação de síndicos oferecido pela administração de Brasília, com essa ideia ele fez o curso sendo aluno destaque, se tornou coordenador do curso já na segunda turma é fez outras seis turmas do curso como coordenador formando mais de mil pessoas nos cursos de formação para síndicos. Participou de vários cursos, palestras e eventos relacionados com administração de condomínios, destacando-se no Encontro Nacional de Administração de Condomínios em Salvador em 2012 e Brasília em 2013, quando ganhou o prêmio DESTAQUE de 2012, pela implantação em seu condomínio o Projeto Eco Óleo. Atualmente é presidente da Associação de Síndicos e Subsíndicos do Distrito Federal e Região Metropolitana - ASSOSÍNDICOS/DF, hoje associação importante no DF que já conta com aproximadamente três mil síndicos associados por livre espontânea vontade, na ASSOSÍNDICOS/DF ele lançou é está em funcionamento mais de 18 programas que beneficia do síndico aos funcionários de condomínios. Paulo atua hoje no Condomínio do Edifício Anya na Asa Sul e no Condomínio do Edifício Athenas em Taguatinga.




Também será discutida a criação do fundo Arranjo Contingente de Reservas (CRA), para ajudar os países do bloco em caso de dificuldades com balanço de pagamentos.

Segundo o subsecretário de Política do Ministério das Relações Exteriores, embaixador José Alfredo Graça Lima, o banco e o fundo “não serão competidores do Banco Mundial (Bird) nem do Fundo Monetário Internacional (FMI), mas suplementares a estas instituições”.

Segundo informações de Graça Lima, o banco terá capital inicial de US$ 50 bilhões, sendo US$ 10 bilhões em recursos e US$ 40 bilhões em garantias. Depois da assinatura do acordo para sua criação, o banco terá que ser aprovado pelos parlamentos dos cinco países.

Quanto ao fundo, o embaixador informou que o capital inicial será de US$ 100 bilhões e que o seu objetivo será enfrentar desequilíbrios nos balanços de pagamentos de algum dos países do Brics, que venha a enfrentar dificuldades.

Os recordes de produção que fizeram do oeste da Bahia uma das maiores fronteiras agrícolas do Brasil e despertaram o interesse do mundo para esta região, são agora, uma ameaça para a sua própria viabilidade, segundo produtores locais. As dificuldades enfrentadas na estrutura logística regional sobrecarregam a produção crescente e comprometem o escoamento da safra e o transporte de passageiros e turista que visitam a região.

O transporte rodoviário, considerado o único modal de escoamento da região, enfrenta condições das rodovias estaduais e federais precárias. As chuvas sazonais prejudicam ainda mais o pouco asfalto e tornam intrafegáveis nas rodovias BR-349, BR-135 e BA-072.

O oeste deve colher, na safra 2013/2014, oito milhões de toneladas de grãos, segundo a estimativa do Conselho Técnico da Associação de Agricultores da Bahia (Aiba). Dentre as principais culturas estão a soja, o milho e o algodão.

Mas não é somente a safra que essas importantes rodovias transporta, nessa rodovia existe um importante polo turístico formado pelo rio corrente na região do município de Correntina.
A rodovia BR-349 que tem aproximadamente 190 quilômetros vai do entroncamento da BR-020 até o município de Correntina-BA. Além de ser um rodovia que corta centenas de fazendas que produzem soja, milho e algodão também leva turistas ao município baiano. Essa rodovia está com péssimas condições com aproximadamente sete mil buracos, além de não existir acostamento em caso de situação de emergência.



  • Temos por finalidade levar a filosofia, a educação e cultura maçônica a todos os homens, fazendo renascer em cada um os reais e sublimes valores, incentivando seus membros ao verdadeiro princípio da virtude, constituindo-se assim, como uma instituição essencialmente filosófica e solidária entre seus membros.

    Trabalhamos pelo aperfeiçoamento moral, intelectual e social da humanidade, pelo fiel cumprimento do dever e a constante busca da verdade, cultivando entre todos o conhecimento de que cada um é filho do Deus Criador e que as limitações geográficas devem servir apenas para facilitar a busca da felicidade pela correta aplicação da justiça. Nossos fins supremos são: Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

Maçonaria


O que é a Maçonaria? 

- A Maçonaria é uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista.


Por que é Filosófica? 

-É filosófica porque em seus atos e cerimônias ela trata da essência, propriedades e efeitos das causas naturais. Investiga as leis da natureza e relaciona as primeiras bases da moral e da ética pura.

Boazinhas